VOTAR 2019
Diario do Sul

Município volta a realizar iniciativa para a juventude do concelho

Portel+Jovem visa proporcionar o acesso de todos a concertos de bandas atuais

Proporcionar o acesso de todos os jovens do concelho a concertos de bandas de referência é o objetivo inerente à organização de mais uma edição do Portel+Jovem. O evento prolonga-se até amanhã, no Parque do Rossio, é de entrada gratuita e apresenta espetáculos que vão ao encontro dos gostos e preferências musicais do público-alvo.

Autor :Maria Antónia Zacarias

Fonte: Redacção «Diário do SUL»

05 Julho 2019

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Portel, José Manuel Grilo, o Portel+Jovem é uma verdadeira festa da juventude, com todos e para todos, proporcionando três dias de animação e convívio neste território do interior.

Fundamentalmente criada para os mais jovens, este evento, organizado pelo Município de Portel, acaba por cativar e incentivar todo o género de público dada a sua programação eclética.
No entanto, este festival é para a juventude, como salienta o autarca, explicando que todos os anos, previamente à definição do cartaz das bandas, “há uma reunião com os jovens, no sentido de que os espetáculos sejam de acordo com as suas preferências. Isto é, queremos auscultá-los e ir ao encontro do que eles gostam”.
Com localização no Parque do Rossio, um espaço “excelente” para estes eventos por ser aberto e relvado, o Portel+Jovem reveste-se de “uma irreverência própria da juventude, onde não faltam grandes concertos, distribuídos em dois palcos, atividades desportivas, de lazer e sempre muita animação”, salienta o presidente.
José Manuel Grilo justifica a realização desta iniciativa pelo facto de continuar a haver muitos jovens no concelho, apesar de se assistir à saída de alguns. “Temos muita juventude em Portel e nas freguesias do concelho e este festival assume-se já como uma referência no nosso Alentejo”, frisa.
De acordo com o autarca, o evento permite trazer bandas e espetáculos que, de outra forma, muitos jovens provavelmente não poderiam ver. “Ir aos concertos implica, normalmente, fazer algum investimento que nem todos têm possibilidades”, sublinha.
Como tal, proporcionar o acesso a todos “é um dos princípios do município, daí em Portel as entradas serem gratuitas e trazermos bandas de referência nacional”.
O edil refere que há a atenção de abarcar os vários géneros musicais, “optando por música transversal”, bem como oferecer tardes com atividades interessantes promovidas pelas associações locais. “Temos associações de jovens, mas também outras que têm jovens a dirigi-las, como são exemplos os grupos desportivos e os recreativos”, explicita.
O município de Portel convida todos a visitarem o concelho e este festival, “num espaço que é animado, onde se pode lanchar e jantar” e ficar até tarde a disfrutar da música.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.