Diario do Sul
diario jornal

Saúde e trabalho destacam-se nos votos para 2015

Passagem de ano perto de casa é tendência entre eborenses

Ficar no conforto da casa, escolher outras paragens para fazer a festa ou apostar num programa animado com a família e amigos são algumas das possibilidades para assinalar a passagem de ano. Nas vésperas do dia 31, o Diário do Sul andou pelas ruas de Évora para conhecer algumas das opções para o "réveillon" deste ano. "Ano Novo, Vida Nova". Esta é uma expressão popular habitual nesta época. Será que 2015

Autor :Marina Pardal

Fonte: Redação D.S.

31 Dezembro 2014

Ana Rita Lavado

"Vai ser uma passagem de ano caseira, com a família e com alguns amigos da minha irmã. Por vezes, já tenho procurado alguns programas fora da cidade, em hotéis ou restaurantes. No entanto, este ano decidi-me mais pelo sossego e conforto. A crise tem claramente um peso significativo nesta decisão, este ano tenciono gastar menos. Gostava de ir para um destino quente, fora de Portugal, e Marrocos também foi uma hipótese, mas esse vai ser um projecto a longo prazo. Para 2015, desejo saúde para mim e para os meus e muito trabalho".

Francisco Dias

"Na passagem de ano vou ficar em casa com a minha esposa. Quando a minha filha era solteira passava connosco, agora ficamos só os dois e prepara-se um jantar um pouco mais elaborado. Não costumo sair para nenhum sítio, até porque também temos de olhar para as despesas. Desejava que em 2015 as coisas melhorassem, mas não vejo hipóteses disso acontecer. A reforma não aumenta e cada vez a situação fica pior".

Maria Contas

"Ainda não tenho nada planeado para a passagem de ano, mas gostaria de sair daqui um pouco para 'arejar' a cabeça. Passo o ano inteiro aqui e é sempre bom sair. Eu nunca faço grandes planos, é tudo em cima da hora, consoante o que vai acontecendo e também depende das restantes pessoas do grupo com quem vou estar. Ultimamente tem sido habitual sair na passagem de ano. O desejo para 2015 é algo que é comum dizer, mas que é muito verdadeiro: saúde para todos, pois sem ela o resto não funciona".

Rita Baltazar

"Vou estar com amigos na passagem de ano, vamos para a casa de uma amiga aqui em Évora. Já houve alguns anos em que sai daqui, mas este ano optámos por ficar cá por ser mais barato. Gostava de ir a Nova Iorque ou à Madeira, mas ainda não foi possível. Espero que 2015 seja um ano, pelo menos, tão bom como este, com saúde e boas notas".

Miguel Ferreira da Cunha

"Vou jantar com os meus amigos e fazer a passagem de ano no Museu da Carris em Lisboa. Apesar de ser de Sintra, venho trabalhar para Évora em breve. Adorava ir à República Dominicana, para ter uma passagem de ano fora do comum. Ainda não é possível, mas um dia espero ter disponibilidade económica para o fazer. Para 2015 desejo que toda a gente tenha um sorriso na cara. Todos nós estamos a passar dificuldades, uns mais do que outros, mas acho que falta muito optimismo nas pessoas e um sorriso pode fazer a diferença".

Lurdes Silva

"Este ano a minha passagem de ano vai ser num restaurante para nos divertirmos e 'abanar o capacete'. Jantamos em casa, depois levamos algumas coisas para comer lá e o resto é dançar até querermos. Nos outros anos, costumamos comer fora de casa, mas assim gastamos um pouco menos porque a vida está um pouco difícil. Gostava de ir à Serra da Estrela, mas como não posso, não vou. Para 2015 desejo muita saúde para toda a gente e também trabalho".

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.