Diario do Sul
Twitter rectangular

Turismo

Câmara de Évora constrói parque para “tirar” autocaravanas de perto da muralha

17 Novembro 2015 | Fonte: LUSA

A Câmara de Évora vai avançar com a construção de um parque para autocaravanas, próximo do centro histórico, para evitar o estacionamento das viaturas junto à muralha da cidade e criar melhores condições para os autocaravanistas.

O parque, com capacidade para 21 autocaravanas, vai ocupar uma parte do estacionamento da Avenida Sanches de Miranda, na periferia da cidade, revelou à agência Lusa o vereador do município Eduardo Luciano.

O autarca explicou que a câmara escolheu aquele espaço para instalar o parque por ser “público, exigir um investimento reduzido e pela sua proximidade à envolvente do centro histórico”.

“Trata-se de uma estação de serviço, que permite a permanência de autocaravanas, em períodos curtos de tempo, disponibilizando os serviços mínimos, como o abastecimento de água e a possibilidade de substituição das cassetes de limpeza”, precisou.

Segundo o autarca, o projeto resultou da necessidade de existir na cidade “um espaço, próximo do centro histórico, que permita a concentração de autocaravanas” e evitar “o estacionamento das viaturas à volta da cidade”.

Eduardo Luciano disse que a obra, cujo orçamento previsto ascende a cerca de 20 mil euros, vai ser feita pelos serviços municipais, estabelecendo como meta para a entrada em funcionamento do parque a primavera de 2016.

“Este parque não inviabiliza um outro, noutra zona da cidade, para ser concessionado e explorado por particulares”, adiantou, considerando que “há espaço para duas soluções”, devido “ao número crescente de autocaravanistas” que visitam Évora.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.