Diario do Sul

Capoulas Santos vai assinalar início da exportação de carne de porco para a China no matadouro da Maporal

Reguengos de Monsaraz recebeu delegação política e de empresários da província de Hunan, na China

O Município de Reguengos de Monsaraz recebeu no dia 18 de janeiro uma delegação da província de Hunan, na República Popular da China, constituída por responsáveis políticos e empresários.

28 Janeiro 2019

Esta visita aconteceu na sequência da deslocação promovida há três meses pela ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo à China e pelo início do negócio de exportação de carne de porco pela empresa AGP Meat para a província de Hunan, num total de 300 milhões de euros em vendas.
A saída do primeiro contentor de carne de porco para a China vai ser assinalada no dia 30 de janeiro na unidade da Maporal – Matadouro de Porco de Raça Alentejana, em Reguengos de Monsaraz, pelo Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Capoulas Santos. Este matadouro, que é o único no país autorizado a abater porco preto ibérico, vai receber um investimento para ampliação do espaço no valor de 10 milhões de euros e criar 150 novos postos de trabalho.
A comitiva foi liderada por Xu Xiangping, Diretor Geral do Departamento do Comércio do Governo da Província de Hunan, que esteve acompanhado por responsáveis políticos da região nas áreas do desenvolvimento, da promoção do comércio internacional e do investimento estrangeiro. A delegação integrou também, entre outros, responsáveis do Banco Industrial e Comercial da China, do mercado Hunan Gaoqiao Market, que comercializa 1,7 milhões de produtos diferentes numa área de quase 700 mil metros quadrados, da Zhuhai Powerbridge Technologies, que fornece aplicações e soluções tecnológicas para facilitar o comércio global a empresas e governos, da Friendship International Engineering Consulting, que trabalha na indústria dos serviços de engenharia, da fábrica de ferramentas Changde Sunyi Import and Export Trading, e da Huayou, que é a maior produtora de químicos de cobalto da China.
José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, recebeu a delegação da província de Hunan no Salão Nobre dos Paços do Concelho, numa sessão onde estiveram também responsáveis da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa e da empresa Maporal. Nesta sessão, o autarca explicou e mostrou através de vídeos as potencialidades económicas e turísticas do concelho, enquanto a ADRAL apresentou a região. A delegação visitou depois a vila de Monsaraz e a CARMIM, onde adquiriu centenas de caixas de vinhos para analisar a recetividade dos consumidores e posteriormente consolidar uma parceria de exportação de vinhos para esta província chinesa com 73 milhões de habitantes.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.