merida enamora
Diario do Sul
Twitter rectangular

Iniciativa foi uma “pequena mostra” das AEC

Município de Évora organizou atividades para alunos e famílias para assinalar o regresso às aulas

Foram muitas as crianças e respetivas famílias que responderam ao repto lançado pela Câmara de Évora para participar na iniciativa realizada no parque infantil, no passado sábado.

Marina Pardal

29 Setembro 2016 | Fonte: Redacção D.S.

"Regresso às Aulas em Família" foi uma forma simbólica de assinalar o arranque do ano letivo neste concelho alentejano.

Nesse sentido, foi preparado um conjunto de iniciativas de âmbito lúdico-pedagógicas relacionadas com as AEC (Atividades de Enriquecimento Curricular) que fazem parte da oferta formativa do 1º ciclo.

Atividade Física e Desportiva, Expressão Dramática, Hip Hop, Inglês, Jogos Matemáticos, Música e Voar pelas Palavras foram as propostas apresentadas no evento.

A vice-presidente da Câmara Municipal de Évora, Élia Mira, esteve presente neste encontro, tendo realçado que “nós preparamos sempre um programa de arranque do ano letivo com atividades variadas”.

Entre elas destacou “a formação para pessoal não docente e docente, bem como as atividades para os miúdos e para as famílias, como foi o caso das realizadas neste sábado”.

Na sua perspetiva, o objetivo é “procurar criar um sentido de comunidade educativa, chamando os pais e outros familiares para acompanharem as suas crianças num conjunto de atividades que estavam relacionadas com a nossa oferta formativa ao nível das AEC “.

Élia Mira acrescentou ainda que “cada um dos espaços criados foi uma pequena mostra daquilo que são essas atividades”.

Adiantou também que “durante o mês de outubro vamos ter outras iniciativas, nomeadamente na área da formação, mas também a inauguração da Escola Básica André de Resende”.

De acordo com a autarca, “quisemos que primeiro existisse uma apropriação da escola por parte da comunidade educativa e só depois fazer-se a inauguração”.

Revelou ainda que “essa cerimónia está prevista para o dia 24 de outubro, em que os miúdos vão ser os protagonistas, até porque são os grandes beneficiários da intervenção realizada nesse espaço”.

Élia Mira garantiu que “as obras já estão terminadas, apenas faltam alguns aspetos muito pontuais que têm a ver com a recuperação dos espaços exteriores, como a criação dos espaços verdes e da horta”, evidenciando que “algumas ações vão ser realizadas com os alunos”.

Ano letivo arrancou
“dentro da normalidade”

Segundo a vice-presidente da Câmara de Évora, “o arranque do ano letivo arrancou dentro da normalidade”, salientando que “houve um grande esforço da equipa de educação do município para que tal acontecesse”.

Esclareceu que “nós só conseguimos colocar metade do pessoal não docente através dos Contratos de Emprego Inserção, pelo que foi feita uma grande ‘ginástica’, também com as uniões de freguesias, para ter pessoal que assegurasse essas funções”.

Élia Mira frisou que “aquilo que aguardamos é que a senhora secretária de Estado Adjunta da Educação nos permita a abertura do concurso de 38 lugares para pessoal não docente”, constatando que “aí já teremos outra estabilidade porque apesar destas pessoas serem contratadas a termos certo, será pelo período de todo o ano letivo, com outras condições que não têm as pessoas ao abrigo dos Contratos de Emprego Inserção, que são profundamente injustas”.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.