Diario do Sul
diario jornal

Obras viárias

CIM DO ALENTEJO LITORAL REUNIU COM INFRAESTRUTURAS DE PORTUGAL • Autarcas reforçaram a urgência na reparação do IC1

Os Presidentes dos Municípios do Alentejo Litoral reuniram com o Presidente das Infraestruturas de Portugal, António Laranjo, no passado dia 17 de outubro, tendo sido abordadas várias questões relacionadas com as acessibilidades.

21 Outubro 2016 | Publicado : 11:03 (21/10/2016) | Actualizado: 12:09 (21/10/2016)

Os cinco autarcas tiveram oportunidade de colocar questões concretas de cada concelho, destacando-se a preocupação demonstrada, mais uma vez, pelos Presidentes dos Municípios de Alcácer do Sal e Grândola, Vítor Proença e António Figueira Mendes, quanto ao estado em que se encontra o IC1. De relembrar que recentemente, num período inferior a um mês, registaram-se quatro vítimas mortais em dois acidentes ocorridos neste troço.

Esta reunião, além de ter como objetivos a apresentação de cumprimentos por parte dos Presidentes dos Municípios de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines, ao recém empossado Presidente das Infraestruturas de Portugal, António Laranjo, surge também na sequência de um conjunto de contactos que vêm sendo mantidos com a tutela das acessibilidades e transportes.

Desde 2014 que o Conselho Intermunicipal vem reunindo, com periodicidade, com os diversos membros do Governo sobre as acessibilidades, nomeadamente com o então ministro da Economia, Pires de Lima.

O Presidente das Infraestruturas de Portugal, António Ramalho, esteve também presente, em novembro de 2015, numa reunião do Conselho Estratégico do Alentejo Litoral dedicada às acessibilidades, que decorreu no Porto de Sines. Os cinco Presidentes de Câmara da sub-região tiveram oportunidade de colocar várias questões sobre esta matéria, com evidente destaque para o agravamento diário do troço do IC1 entre Alcácer do Sal e Grândola, as acessibilidades ao concelho de Odemira e a ligação entre Santo André a Sines, ainda por finalizar. Foi na altura referido por António Ramalho que se encontraria em fase de conclusão a negociação entre as Infraestruturas de Portugal e a Sociedade Portuguesa para a Construção e Exploração Rodoviária (SPER), subconcessionário das estradas do Baixo Alentejo, no sentido da reversão de boa parte dos troços concessionados no Alentejo Litoral.

No passado dia 1 de abril, a Comissão de Utentes do IC1 de Alcácer do Sal e Grândola promoveu uma marcha lenta que contou com centenas de veículos e com a presença dos autarcas Vítor Proença e António Figueira Mendes, que têm feitos vários contactos com o Governo exigindo obras imediatas.

Nesta reunião ocorrida em 17 de outubro passado, António Laranjo deixou claro que enquanto a questão da sub-concessão na A26, que engloba o IC1, não for resolvida com o sindicato bancário liderado pelo BPI, pelo IMT e pelo Tribunal de Contas, não existe possibilidade de se realizar qualquer tipo de obra. Contudo, ao nível das acessibilidades complementares, de carácter mais local, as Infraestruturas de Portugal garantiram disponibilidade imediata para a realização de reuniões técnicas com os Municípios.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.