Diario do Sul
Portugal2020

Concentração decorreu no Polo dos Leões

Grupo de alunos da Universidade de Évora reivindica mais financiamento para o ensino superior

Um grupo de estudantes organizou uma ação de luta no Polo dos Leões da Universidade de Évora (UÉ), na passada quinta-feira, tendo sido uma forma de assinalar o Dia Internacional do Estudante.

Autor :Marina Pardal

Fonte: Diário do Sul

18 Novembro 2016 | Publicado : 10:17 (18/11/2016) | Actualizado: 10:21 (18/11/2016)

Rita Lázaro, aluna do curso de Artes Visuais da UÉ, foi uma das estudantes envolvidas nesta iniciativa e deu a conhecer algumas das reivindicações deste grupo. “O facto de estarmos contra o aumento do prato social nas cantinas universitárias foi um dos motivos para o nosso protesto”, relatou a jovem, já que o preço dessa refeição passou de 2,5 euros para 2,65 euros neste ano letivo.

Para além disso, “há uma série de reivindicações concretas que nós temos em relação à UÉ e, em particular, no Polo dos Leões”, referiu Rita Lázaro, exemplificando com “a necessidade de serem feitas obras no edifício do teatro, o frio que se faz sentir nas salas de aula, a necessidade de existirem mais cantinas para dar resposta aos alunos ou a existência de bares privatizados em vários polos, o que faz com que os preços sejam mais altos”.

Segundo o mesmo grupo de estudantes, “reivindicamos também mais financiamento para o ensino superior e para a ação social escolar, pois o facto de existirem cada vez mais cortes no financiamento à UÉ leva a que a universidade tenha menos meios para resolver estes problemas”.

De acordo com Rita Lázaro, “neste protesto participaram cerca de 30 estudantes de vários cursos, essencialmente do Polo dos Leões”, tendo sido definida “uma linha de ação, pois decidimos que vamos continuar a lutar pela solução destes problemas”.
Adiantou ainda que “até ao final deste semestre é possível que se realizem mais ações de luta, que depois iremos anunciar”.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.