Diario do Sul
COMPETE 2020

A propósito de caça... Um convite!

Desde os primórdios dos tempos que o ser humano se dedica à caça. Era a sua forma de subsistência. Caçava para se alimentar.

Fonte: Câmara Municipal de Mora

24 Novembro 2016

Visitando o Museu Interactivo do Megalitismo, em Mora, descobrirá os primeiros vestígios arqueológicos de utensílios de caça - pontas de seta, lâminas, lascas e raspadeiras… - que remontam ao período Neolítico.

Se durante a sua estada no Concelho de Mora, optar também por visitar o primeiro grande aquário público de água doce da Europa, o Fluviário, não se esqueça de pedir o bilhete conjunto que lhe confere uma redução nas entradas.

Nos dias de hoje, a caça está intimamente ligada a uma gastronomia muito rica e apreciada pelos mais finos gourmets.

Esta arte culinária vai estar em destaque, entre 26 de Novembro e 11 de Dezembro, em 11 restaurantes das quatro freguesias do Concelho de Mora, que apresentam nos respectivos cardápios mais de 40 pratos - faisão à Solar dos Lilases, coelho de vinagrete, javali no forno, lebre com feijão branco, peito de pato bravo com molho de mostarda à antiga e perdiz à Dona Bia, pombo grelhado… - de fazer crescer água na boca.

O jantar inaugural da XXI Edição da Mostra Gastronómica da Caça, que reunirá mais de três centenas de comensais, acontece no próximo sábado, a partir da 19h30, na Quinta de Santo António, em Mora, onde serão degustados mais de 20 pratos. Um verdadeiro banquete!

As reservas podem ser feitas na Casa da Cultura de Mora (telef. 266 439 079).

Aqui fica, pois, uma sugestão, que enriquece a alma e sacia o corpo.​

Este fim-de-semana deixe-se enaMORAr!​

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.