merida enamora
Diario do Sul
EL FARO Restaurantes

Évora

Câmara Municipal inaugurou exposição “O centro histórico de Évora e as artes do trabalho (1930-1960)”

A exposição ficará patente no Convento dos Remédio até julho de 2017

07 Dezembro 2016 | Fonte: Câmara Municipal de Évora

A exposição fotográfica e documental “O centro histórico de Évora e as artes do trabalho (1930-1960) ” foi inaugurada ontem, ao final da tarde, no Convento dos Remédios, onde ficará patente até julho de 2017.

Com a presença de Carlos Pinto de Sá, Presidente da autarquia, de Eduardo Luciano, Vereador da Cultura, e do professor Galopim de Carvalho, as dezenas de pessoas presentes na cerimónia de abertura ficaram a saber que esta mostra resulta da conjugação da oferta/depósito de três acervos à autarquia, e posteriormente, da sua interpretação analítica que envolveu uma pesquisa de cerca de três anos.

Em primeiro lugar a coleção Maria José Patronilho, doada ao Arquivo Fotográfico da Câmara, em 2004, por uma particular, foi o ponto de partida do trabalho agora apresentado. Já em 2016, foram doados e/ou depositados na Câmara Municipal dois novos acervos: um fundo documental da antiga Direção Regional de Indústria e Energia do Alentejo e a coleção Manuel Sebastião Silva, proveniente do antigo Museu do Marceneiro.

A análise do conjunto destes espólios permitiu enriquecer o conhecimento de um conjunto de atividades artesanais e de pequenas indústrias existentes, até à década de 1970, no Centro Histórico de Évora. Aliás, entre 1930 e 1960, foram identificados mais de 211 estabelecimentos industriais na cidade intramuros. Carpinteiros, correeiros, sapateiros, padeiros, ferreiros, alfaiates e muitos outros artífices contribuíam para vivificar as ruas da cidade. A partir de 1970, com a expansão para fora das muralhas, muitas destas atividades foram decaindo ou desaparecendo.

O escultor eborense João Sotero foi o responsável pela instalação artística das peças pertencentes ao antigo Museu do Marceneiro.

Esta exposição está inserida no âmbito das Comemorações dos 30 anos de Património Mundial e pode ser visitada nos seguintes horários: dias úteis entre as 10:00 e as 12:30 e as 14:00 e as 17:30; sábados entre as 14:00 e as 17:00.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.