Diario do Sul
Twitter rectangular

Paróquia de São Brás celebra aniversário

Cinquenta anos de comunidade

Fonte: Nota de Imprensa

13 Janeiro 2017

A paróquia de São Brás está a preparar um programa comemorativo para celebrar meio século de existência. Com abertura a 3 de Fevereiro, dia do seu padroeiro, vai incluir um conjunto de iniciativas que vão desde uma noite de fados, até um ciclo de conferências, passando por uma viagem.
Até 1967, toda a cidade de Évora extra-muros estava integrada na Paróquia da Sé. Nesse ano, o então Arcebispo de Évora, D. David de Sousa, decidiu criar cinco paróquias que servissem a população dos bairros periféricos às muralhas. Nasceram assim as paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora (Salesianos), Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Saúde e São Brás. Nossa Senhora da Conceição acabou por ser integrada na Senhora da Saúde, nos anos 90.
Das cinco, São Brás foi a única a não ser dedicada a Nossa Senhora, por assumir como sede a antiquíssima Ermida de São Brás, outrora afastada da cidade, na estrada de Viana, e hoje já completamente integrada na malha urbana. Inclui os bairros da Horta da Figueiras, São José da Ponte, Almeirim, Nossa Senhora do Carmo, Torregela, Vila Lusitano, Casinha e todo o território da zona sul da Freguesia da Malagueira e Horta das Figueiras.
Uma paróquia é, essencialmente, as pessoas que a fazem, mais do que o território ou os edifícios. E celebrar 50 anos é, sobretudo, uma ocasião de sublinhar este lado comunitário. O programa comemorativo arranca no próximo dia 3 de Fevereiro, em que se assinala o dia de São Brás:

• 18.00h: Missa presidida pelo Arcebispo de Évora, na Ermida de São Brás
• 19.30h: Inauguração da Residência Paroquial
• 20.00h: Jantar e Noite de Fados, no Monte Alentejano.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.