merida enamora
Diario do Sul
Twitter rectangular

Reguengos de Monsaraz

Município de Reguengos de Monsaraz é o mais transparente do Alentejo Central

Índice mede a transparência das autarquias através da informação que disponibiliza aos cidadãos

14 Fevereiro 2017 | Fonte: Nota de Imprensa

O Município de Reguengos de Monsaraz é o mais transparente do Alentejo Central e o vigésimo terceiro a nível nacional, de acordo com o Índice de Transparência Municipal de 2016 elaborado pela Associação Cívica Transparência e Integridade. Num total de 100 pontos possíveis, Reguengos de Monsaraz obteve 88,60, muito superior à média nacional que foi de 52 pontos.

O Índice de Transparência Municipal mede o grau de transparência das 308 câmaras municipais através da análise da informação disponibilizada aos cidadãos nos seus sites. Este índice é composto por 76 indicadores agrupados em sete áreas.

Nestes itens, Reguengos de Monsaraz obteve 92,9 pontos em cada uma das seguintes áreas: Informação sobre a organização, composição social e funcionamento do município; Planos e relatórios; Impostos, taxas, tarifas, preços e regulamentos; Relação com a sociedade; Contratação pública. A autarquia alcançou ainda a pontuação máxima de 100 pontos na área da transparência económico-financeira e de 71,4 pontos no item referente ao urbanismo.

José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, afirma que “é fundamental os cidadãos terem acesso a toda a informação de interesse público para compreenderem a exigência, o rigor e a ética dos seus eleitos. Reguengos de Monsaraz passou com distinção neste indicador que avaliou todos os municípios e está em linha com um dos nossos grandes objetivos de transmitir o máximo de informação aos munícipes e estarmos a contribuir para uma cidadania ativa e participativa”. O autarca acrescenta que “é por isso o momento de agradecer profundamente a todos aqueles que diariamente contribuem para levar a cabo a nossa missão pública, com muita dedicação, sentido de missão e grande profissionalismo”.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.