Diario do Sul
Twitter rectangular

Arraiolos - “Escola de Cavaquinhos”

No âmbito das atividades direcionadas para os idosos, a Câmara Municipal de Arraiolos vem desenvolvendo o "Projeto Viver Sénior" que envolve diversas atividades, tendo este ano implementado uma nova área ligada à música, onde o cavaquinho tem lugar de destaque.

"Projeto Viver Sénior"

14 Março 2017

No âmbito das atividades direcionadas para os idosos, a Câmara Municipal de Arraiolos vem desenvolvendo o "Projeto Viver Sénior" que envolve diversas atividades, tendo este ano implementado uma nova área ligada à música, onde o cavaquinho tem lugar de destaque.

Numa breve visita ao ensaio do grupo de cavaquinhos do Projeto Sénior da Câmara Municipal de Arraiolos, ouvimos as instruções do António Valente, responsável da atividade.

O “Ti Júlio” dá o toque inicial, para que os cavaquinhos nos tragam o ritmo e a alegria própria da música popular.

A moda tem inicio em “sol”. Mas outro sol que entra pela janela é a nota que vai dominar, nesta melodia do outono da vida.

A verdade dizem-nos os tocadores de cavaquinho é que “isto nos torna mais jovens”.

A alegria da música transforma por momentos, esse outono em primavera. Uma primavera que vai para lá do ritmo que a idade permitiria mas que as cordas do cavaquinho teimam em nos mostrar jovial.

Aqui se descobrem novas vivências entre um tempo que ainda é de aprender algo de novo, realizar um sonho de menino ou regressar a um mundo que o trabalho não permitiu conhecer num tempo diferente.

Foi bonito o ensaio dos cavaquinhos do Projeto Sénior da Câmara Municipal de Arraiolos.

Sílvia Pinto Presidente da Câmara Municipal de Arraiolos considera que esta nova atividade, “em conjunto com todo o projeto sénior, representa uma das mais importantes ações do Município dirigidas aos idosos, sobretudo pelo que significa de atividade lúdica, cultural e de convívio entre os participantes. O papel do Projeto Sénior no combate à solidão tem em si um valor inestimável, para o dia a dia destes  nossos concidadãos”

 E como se ouviu no ensaio se “os jovens fazem falta, a terceira idade também não se pode perder”.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.