Diario do Sul
Twitter rectangular

Prémio entregue no antigo Museu dos Coches

Igreja de S. Francisco recebe Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2017

Na sequência das obras de requalificação de 2014-2015 a igreja de S. Francisco recebeu o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana na categoria de Restauro.

04 Abril 2017

O Prémio é uma iniciativa da revista Vida Imobiliária e da Promevi, “que distingue anualmente as intervenções urbanas de maior valia para a sociedade nas suas múltiplas valências. O contributo para a qualificação das cidades e o seu impacto na comunidade, o sucesso medido pela aceitação pelo mercado, o impacto e valor social, a capacidade de induzir a mudança no tecido urbano. As diferentes valências de uma iniciativa imobiliária de sucesso estarão em análise para premiar a excelência.”
A cerimónia, apresentada por Bárbara Guimarães, decorreu no antigo Museu dos Coches antecedida por um jantar de gala Já em Dezembro de 2016 a igreja de S. Francisco tinha sido distinguida pelo IHRU com os Prémios Nuno Teotónio Pereira de Reabilitação Urbana 2016, na categoria de “Reabilitação de Edifício”.
Para além da Capela dos Ossos, ex-libris da cidade de Évora, a igreja conta agora com dois novos espaços musealizados abertos ao público.
O Núcleo Museológico, construído sobre as ruínas das antigas celas dos frades, conta a história do convento e da vida religiosa eborense ao longo dos séculos. Apresenta uma coleção de Arte Sacra com peças oriundas de vários conventos extintos da cidade.
As Galerias sobre as capelas laterais mostram a vasta colecção de presépios da família Canha da Silva, oriundos de todo o mundo.
Todos estes espaços são agora servidos por novas acessibilidades e podem ser visitados todos os dias, das 9:00 às 17:00.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.