acerca otoño 2
Diario do Sul
Twitter rectangular

Iniciativa das empresas Capote's Emotion e Tapetes Hortense

Capote alentejano vai ser entregue ao Papa Francisco na próxima quarta-feira

18 Abril 2017

Delfina Marques, da Capote's Emotion, e Maria Hortense Canelas, da Tapetes Hortense, vão partir na próxima segunda-feira para o Vaticano com o objetivo de entregar ao Papa Francisco um capote alentejano com aplicações de bordado em ponto de Arraiolos.

A ideia partiu destas duas empresárias e pretende ser uma oferta de “boas-vindas” ao Papa, que tem programada a sua visita a Fátima para os dias 12 e 13 de maio, a propósito das celebrações do centenário das “aparições” na Cova de Iria.

Segundo Delfina Marques, “pretendemos entregar o capote ao Papa Francisco na Audiência Geral no Vaticano, na próxima quarta-feira, dia 19 de abril”.

Salientou que “este projeto resulta de um trabalho de parceria entre as duas empresas, sendo uma peça única e totalmente artesanal”.

A sócia-gerente da Capote’s Emotion, com sede em Évora, descreveu que “é um capote comprido, em tom bege, sendo adornado com aplicações de ponto de Arraiolos, feitas pela Fábrica de Tapetes Hortense”, localizada nesta vila alentejana.

Acrescentou que “em 2015, a Hortense Canelas já tinha oferecido ao Papa Francisco um Tapete de Arraiolos, com um desenho do modelo Floresta do século XVIII “.

De acordo com Delfina Marques, “o capote tem motivos desse tapete, tendo sido bordada uma taça na parte da frente, enquanto nas costas está representada a haste”.

A mesma empresária realçou que “queremos entregar esta oferta de ‘boas-vindas’ do Alentejo, presenteando o Papa com algo emblemático”, constatando que “através dos nossos produtos também ajudamos a promover a região”.

Na sua opinião, “esta é uma peça muito representativa e que não é facilmente esquecida, tendo uma forte identidade cultural”.

Questionada sobre o porquê de irem ao Vaticano entregar o capote ao invés de esperarem pela vinda do Papa a Portugal, Delfina Marques evidenciou que “o objetivo de entregar antes é precisamente para mostrar que é uma oferta de ‘boas-vindas’”, frisando que “poderíamos ter tentado entregar em Fátima, mas acho que não teria o mesmo impacto”.

Em declarações anteriores à agência Lusa, ambas as empresárias mostraram esperança de que o Papa vista o capote na sua deslocação a Fátima, mas se estiver muito calor na altura, esperam, pelo menos, um dia vê-lo na televisão a envergar esta peça alentejana.

 

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.