merida enamora
Diario do Sul
El Faro Familia

Evento acontece em Viana do Alentejo entre 26 e 28 de maio

Cartaz do Festival Pedreira dos Sons decidido em concurso com alunos da Universidade de Évora

O desafio foi lançado aos alunos do curso de Design da Universidade de Évora (UÉ). O objetivo era criar a imagem de promoção do Festival Pedreira dos Sons, realizado em Viana do Alentejo e que este ano decorre entre 26 e 28 de maio.

Marina Pardal

04 Maio 2017 | Publicado : 12:08 (04/05/2017) | Actualizado: 12:10 (04/05/2017)

Este evento, que vai na sua quinta edição, tem a particularidade de acontecer numa pedreira de mármore desativada, situada junto à estrada entre Viana do Alentejo e Vila Nova da Baronia.

Resulta de uma parceria entre o Município de Viana do Alentejo, a Escola de Artes da UÉ e a Cooperativa Cultural CulArtes.

Quanto ao concurso, a reitora da UÉ explicou como surgiu esta ideia. “Este festival já existe desde 2013 e eu tenho achado que tem uma qualidade muito grande, pelo que tenho falado com o senhor presidente da Câmara de Viana do Alentejo no sentido de divulgarmos este evento de uma forma diferente”, referiu Ana Costa Freitas.

Acrescentou ainda que “como tal, lançámos ao Município de Viana do Alentejo o desafio de criar este prémio para que os alunos de Design produzissem a imagem para a divulgação desta iniciativa”.

Segundo a reitora da UÉ, “com este concurso pretendemos que a divulgação do evento seja feita a nível nacional e que o Festival Pedreira dos Sons comece a afirmar-se no programa cultural nacional”.

Ana Costa Freitas adiantou também que “nós temos feito vários concursos deste género dirigidos aos nossos alunos”, focando que “o objetivo é apresentar algo que divulga a UÉ, mas é também uma maneira dos alunos se habituarem a participar neste tipo de concursos, que fazem parte da sua formação”.

A entrega dos prémios deste concurso decorreu na passada terça-feira, no Pólo dos Leões, um dos edifícios da UÉ.

Esta cerimónia contou com a presença de Bernardino Bengalinha Pinto, presidente da Câmara de Viana do Alentejo, que reforçou que “o objetivo deste concurso é melhorar o festival”.

Salientou também que “por proposta da UÉ, achámos que era necessário fazer uma abordagem para uma maior promoção do evento”.

De acordo com o autarca, “nesta sessão de entrega dos prémios fizemos também o lançamento do programa do evento e da imagem de promoção do festival, mantendo o logótipo inicial do Pedreira dos Sons”.

Na sua perspetiva, “esta é uma iniciativa que tem potencial para melhorar bastante”, considerando que “esta abordagem que estamos a fazer este ano irá criar essas condições para que de facto a projeção seja mais abrangente e melhore globalmente o festival”.

Cartaz do Festival Pedreira dos Sons decidido em concurso com alunos da Universidade de Évora

Alunos do 2.º ano de Design classificados nos dois primeiros lugares

A aluna Daniela Fernandes, do 2.º ano do curso de Design da UÉ, foi a primeira classificada. Em segundo lugar ficou André Ramalho, que frequenta o mesmo ano do curso.

Para Daniela Fernandes, “foi muito importante ficar em primeiro lugar, até porque o meu curso é de âmbito geral, mas sempre gostei muito de design gráfico”. Disse ainda que “foi a primeira vez que ganhei algo deste género”.

Por sua vez, André Ramalho considerou que “este prémio é um reconhecimento do trabalho realizado”, realçando que “no ano passado também fiquei em segundo lugar num outro concurso para um logótipo para um projeto da Mitra”.Alunos do 2.º ano de Design classificados nos dois primeiros lugares

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.