acerca otoño 2
Diario do Sul
Twitter rectangular

Inauguração da escultura "CENÁRIO" encerra primeira edição do festival Artes à Rua

Fonte: Câmara de Évora

05 Setembro 2017

A escultura Cenário, do artista eborense Rui Horta Pereira, foi inaugurada no dia 4 de setembro, na Rua Marechal Gomes da Costa (junto ao Hospital Veterinário), na União de Freguesias da Malagueira e Horta das Figueiras. A obra de arte foi desenvolvida no âmbito do Festival Artes à Rua, tendo sido produzida e executada no Antigo Matadouro de Évora, no Departamento de Escultura em Pedra da Associação Pó de Vir a Ser, no âmbito do ciclo "Farrobodó".

Na cerimónia pública de inauguração, Rui Horta Pereira - formado em Escultura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa - apresentou cenário como uma peça "utilitária" que se pretende "fruída por pessoas e animais". Pode funcionar como banco, local de brincadeira para os mais novos ou bebedor para pássaros ou cães. Esta escultura pública representa também, simbolicamente, "o espaço que se usa para permitir o desenrolar de uma ação, o espaço que se desenha para permitir atuar no presente e estruturar os diálogos do futuro."

Carlos Pinto de Sá, presidente da Câmara de Évora, salientou o significado de a obra, agora inaugurada, ficar para a posteridade no âmbito do Artes à Rua.

Festival Artes à Rua proporcionou mais de 100 espetáculos em julho e agosto

Entre 8 de julho e 27 de agosto foram mais de 100 os espetáculos realizados com a presença de milhares de espetadores nas praças e largos de Évora. "Espero que tenha sido o primeiro de muitos festivais", afirmou Carlos Pinto de Sá, em jeito de balanço da primeira edição. O autarca destacou as propostas e iniciativas dos criadores locais, salientando a importância de "permitir o acesso à cultura" a toda a população, uma vez que todos os espetáculos foram de entrada livre e em espaço público.  

O Artes à Rua foi promovido pela Câmara Municipal de Évora tendo trazido nomes como Luisa Sobral, Rão Kyao ou Sílvia Pérez Cruz. 

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.