Diario do Sul
diario jornal

José Manuel Grilo conquistou o melhor resultado no distrito de Évora

“População de Portel premiou o nosso trabalho”

José Manuel Grilo garante que a vitória avassaladora que conquistou à frente da lista do PS em Portel teve origem no trabalho dos eleitos municipais nos últimos quatro anos. Os 63,74% dos votos alcançados traduzem o melhor resultado eleitoral no distrito de Évora, permitindo a eleição de quatro vereadores contra um da CDU.

Autor :Roberto Dores

Fonte: Redacção Diário do SUL

13 Outubro 2017

Ao Diário do Sul, José Manuel Grilo sustenta os eleitores reconheceram os esforço dos últimos tempos e não tiveram dúvidas à hora de porem a cruz no boletim de voto: “A população de Portel premiou o nosso trabalho”, diz, acrescentando que o último mandato mostrou aos eleitores que os nomes que constavam das listas do PS “eram homens e mulheres que sabem o que querem para o concelho e que estão neste projeto com vontade e capacidade para continuarmos a desenvolver o concelho mais quatro anos”.
À entrada para o seu segundo mandato como presidente de câmara - Grilo foi vice-presidente 16 anos antes de ser eleito pela primeira vez chefe do executivo em 2013 - o autarca não esquece a sigla do partido, mas insiste em elogiar as pessoas que colaboraram com a autarquia “demonstrando confiança em nós”.
À pergunta incontornável sobre se admitia outro resultado que não fosse a maioria absoluta, José Manuel Grilo responde que não tinha prognósticos, mas que sentia junto das pessoas a palavra de motivação para continuar. “Estive os últimos quatro mandatos próximo das populações e conheço bem as pessoas. Sobretudo nestes último anos as pessoas dirigiam-se a nós e davam o incentivo, deixando perceber que o resultado poderia ser este. Contudo, é sempre preciso esperar pelo dia das eleições. É aqui que conta, porque estas coisas, por vezes, são muito relativas”, insistiu, congratulando-se com o facto de ter conquistado praticamente os mesmo eleitos de há quatro anos na Câmara e Assembleia Municipal.
“Reconheço que é um resultado deveras elevado a favor do PS e admito também que nunca estive à espera de poder perder as eleições”, confessa, lamentando que o último mandato tenha ficado marcado por alguns contratempos para o concelho. Recorda que Portel assistiu ao encerramento de tribunais, escolas, união de freguesias. “Mas julgo que gerimos da melhor maneira esta situação. Aliás, com o novo Governo do PS conseguiu-se, pelo menos neste último ano, dar alguma abertura à nossa gestão por parte da administração central, tendo havido medidas importantes para beneficiar a administração local. Julgo que conseguimos gerir bem esta situação, mesmo nos tempos mais difíceis. Penso que também foi por isso que as pessoas valorizaram mais o trabalho que se fez”, descreve.
E quanto à prioridade para os quatro anos que tem pela frente? José Manuel Grilo tem a resposta na ponta da língua. “Queremos continuar este trabalho para melhorar, cada vez mais, a qualidade de vida das pessoas, sempre virados para a nossa juventude, os nossos idosos e para a educação”, exemplificou, sem perder de vista alguns projetos que já estão na calha e que considera estruturantes. Nomeia algumas obras, como é o caso da requalificação da escola, a aposta na piscina de ondas ou as duas praias projetadas para as margens de Alqueva.
“Mas também estou a pensar na recuperação de tudo o que está à volta do Castelo, requalificação urbana e arranjos de ruas e largos em todas as freguesias. Posso garantir que teremos uma política virada para as pessoas”, resume José Manuel Grilo.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.