acerca otoño 2
Diario do Sul
diario jornal

Iniciativa da MetAlentejo e da ASTE

Exposição de fotografia em Évora alerta para importância da saúde mental

Autor :Marina Pardal

Fonte: Redação

19 Outubro 2017

“Fotograficamente: Caminhos para a Saúde Mental" dá nome à exposição patente no Grupo Pró-Évora, organizada pela MetAlentejo e pela ASTE, no âmbito da Unidade de Rede de Saúde Mental do Conselho Local de Ação Social de Évora.
Esta mostra, que junta os trabalhos de Ana Mestre e de Duarte Pimenta, foi inaugurada a 9 de outubro e pode ser visitada até ao dia 29 deste mês, de terça-feira a domingo, entre as 15 e as 19 horas.
Integrada nas comemorações do Dia Mundial da Saúde Mental, assinalado a 10 de outubro, esta exposição conta ainda com o apoio de diversos parceiros, nomeadamente a ARIA – Associação de Reabilitação e Integração Ajuda.
De acordo com Teresa Reis, presidente da MetAlentejo – Associação para o Bem-Estar Psicossocial da Comunidade, “durante este mês pretende-se falar de saúde mental e pensar em formas de combater o estigma e a discriminação, bem como pensar em formas de incluir mais e melhor estes doentes na comunidade”.
Acrescentou ainda que “esta exposição é uma das iniciativas que acontece este mês”, destacando que “vai realizar-se também uma caminhada e está a decorrer um ciclo de cinema dedicado à saúde mental”.
Teresa Reis focou que “esta mostra junta duas exposições diferentes e aquela que nós apresentamos foi organizada pela ARIA, uma IPSS também dedicada à pessoa com doença mental”, frisando que “este trabalho da fotógrafa Ana Mestre, que natural de Évora, já esteve em vários locais do país”.
Realçou que “um dos objetivos é sensibilizar a população de Évora para esta problemática”, lembrando que “a doença mental é a segunda doença com maior prevalência no mundo”.
A presidente da MetAlentejo recordou também que “é uma das maiores causas de incapacidade, pelo vale apenas um outro olhar perante esta realidade e a exposição é um alerta nesse sentido”.
Segundo o folheto da exposição, “doentes, familiares e técnicos da ARIA uniram-se e, pela lente da fotógrafa, disseram como vai a saúde da saúde mental em Portugal”.
É salientado que “na sua crueza, os números mostram uma realidade que nos envergonha, como comunidade, pois enunciam a forma como as pessoas com doença mental e as suas famílias são encaradas neste país: aqueles que todos querem esquecer que existem, cidadãos que quotidianamente veem a sua dignidade de seres humanos posta em causa”.
Por outro lado, “Fotograficamente: Caminhos para a Saúde Mental" mostra também o trabalho de Duarte Pimenta, um jovem autista que “encontrou na lente da máquina fotográfica a sua forma pessoal de dizer o mundo”, pode ler-se na mesma nota.
É ainda evidenciado que o Duarte foi “alguém não se resignou ao estigma de um rótulo que só sinalizava limitações e acreditou que, muito para lá do diagnóstico, havia uma pessoa com sonhos e potencialidades”.
Esta exposição é apadrinhada pela ASTE – Aliança Solidária e Terapêutica de Évora, um projeto de ação social de uma clínica de saúde mental desta cidade.
Ana Peres, coordenadora do projeto, referiu que “a ASTE está ligada, sobretudo, a pessoas idosas que não procuram tanto a clínica, embora haja uma grande necessidade nesse campo”, especificando que “atendemos gratuitamente cerca de 20 pessoas idosas”.
Relativamente à exposição, sustentou que “apadrinhamos a exposição deste jovem adulto autista, que tem feito uma evolução extraordinária, para as pessoas refletirem que um dia também ele irá envelhecer e haverá necessidade de haver respostas nesse sentido”.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.