acerca otoño 2
Diario do Sul
diario jornal

Semana Transfronteiriça da Euroace

Primeira edição da “Escola Transfronteiriça”

Peritos internacionais reuniram-se ontem na Faculdade de Direito de Cáceres para intercâmbio de conhecimento e boas práticas sobre cooperação nas fronteiras

25 Outubro 2017 | Publicado : 15:26 (25/10/2017) | Actualizado: 18:07 (25/10/2017)

A Associação de Regiões Fronteiriças Europeias ( ARFE), junto com o Centro Nijmegen de Investigação Fronteiriça da Universidade de Radboud, organizou na terça feira 24 de outubro a primeira edição da “Escola Transfronteiriça”, como parte do evento anual da ARFE na Faculdade de Direito da Universidade da Extremadura.

O encontro reuniu em Cáceres cerca de vinte universidades e estruturas de cooperação transfronteiriça da Europa, África, Canadá e América do Sul para intercâmbio da experiência académica na afirmação de uma comunidade crescente de cooperação internacional.

Esta primeira edição da “Escola Transfronteiriça”, pensada para converter-se num evento anual, foi abordado sob o lema “Conhecimento e prática na fronteira”. Investigadores profissionais e beneficiários dos fundos europeus e nacionais dedicados a esta matéria puderam partilhar boas práticas, iniciativas e casos de sucesso na cooperação transfronteiriça.

COMUNICAÇÃO SOBRE COOPERAÇÃO

 A “Escola Transfronteiriça” tem origem na diferença de comunicação que se percebe geralmente entre a ciência e a prática, quer dizer entre os profissionais e os académicos que trabalham neste âmbito.

A missão da “Escola Transfronteiriça” é, portanto, criar e alimentar um ambiente onde os académicos e profissionais sejam iguais, e possam partilhar e aprender das experiências de todos de uma forma mais horizontal e interactiva.

logo euroregiones

interreg

logo git juntaex

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.