Diario do Sul
Twitter rectangular

Santana Lopes Candidato á Presidência do PSD “ Alentejo precisa de mais investimento e menos impostos”

Autor :João Trindade

Fonte: Redação

27 Dezembro 2017

O Candidato à Presidência do PSD Santana Lopes com o slogan “Unir o Partido Ganhar o País”, definiu três áreas prioritárias evidenciadas numa sessão publica no Museu de Tapeçarias de Portalegre, e cita-se.” 1º o financiamento de politicas sociais; 2º reorganização do território; 3º agenda para o crescimento“. Perante uma plateia com cerca de 150 pessoas ,Diogo Cumano Presidente da Distrital (JSD) Cristóvão Crespo (Deputado) Rogério Silva (Presidente da CM Fronteira), e Fermelinda Carvalho (Presidente do Município de Arronches) expressaram inequivocamente um pensamento comum .”Santana Lopes pelo seu perfil, experiência política e cargos que tem desempenhado entre os quais de 1º Ministro, é o candidato mais capaz se servir PSD e o País”, posições que mereceram fortes aplausos. Para Santana Lopes,” o País precisa de medidas urgentes e uma estratégia adequada para construir o futuro para responder com outra eficácia aos problemas tendo no centro das atenções as pessoas” O Candidato deu vários exemplos negativos do actual Governo apoiado pelo PCP BE e Verdes. Defendeu outro modelo para os Lares e Centros de Dia , onde as pessoas são deixadas ainda com condições para viverem nas suas casas.”. Sobre o Interior do País “esquecido durante décadas” ,Santana Lopes considerou que “o Alentejo precisa de medidas de excepção ,menos impostos, mais investimento, e descentralização de serviços”. Recordou a propósito que “quando foi 1º Ministro criou várias Secretarias de Estado em diversas Cidades do País “.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.