Diario do Sul
diario jornal

Município é a entidade promotora, em conjunto com mais de 40 entidades

Iniciativas “para todos os gostos” durante o Mês da Juventude em Évora

Autor :Marina Pardal

Fonte: Redação

13 Março 2018

Música, dança, cinema, exposições ou debates são alguns dos “ingredientes” do Mês da Juventude que está a decorrer em Évora, desde o dia 1 e até 31 de março.
O Município de Évora é a entidade promotora desta iniciativa, que conta com o envolvimento de mais de 40 entidades, associações e grupos de jovens do concelho.
Segundo a mesma autarquia, “ao todo, são perto de uma centena de propostas culturais, desportivas e recreativas que demonstram o dinamismo do movimento associativo juvenil em Évora”.
A apresentação oficial do Mês da Juventude aconteceu no dia 1 de março, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, tendo sido também entregue o prémio “Imagem Gráfica” e inaugurada a exposição referente a este concurso.
A cerimónia contou com a atuação da Tuna Académica Feminina da Universidade de Évora e de Joana Rosa em violoncelo, do Conservatório Regional de Évora - Eborae Musica.
À margem da sessão, a vereadora da Câmara de Évora, Sara Fernandes, começou por destacar “os motivos que levam a que março seja considerado o Mês da Juventude”, lembrando que “está relacionado com a comemoração do Dia Nacional do Estudante a 24 de março e o Dia Nacional da Juventude a 28 de março”.
Afiançou que “queremos evocar estas datas ao longo do mês”, lembrando que “são datas de luta, em que houve um forte empenhamento da juventude”.
A autarca especificou que “são duas ações, uma de estudantes e outra mais ligada a jovens trabalhadores, durante o tempo da ditadura e que foram fortemente reprimidas”, considerando que “estes dias devem ser sempre comemorados, no sentido da juventude ter a consciência de que tem a responsabilidade de garantir a democracia e a liberdade no nosso país”.
Em termos de programa, Sara Fernandes realçou que “procuramos ter um mês de festa, em que se envolvam todas as entidades jovens com iniciativas para jovens, mas também as entidades não tão jovens, mas que promovam iniciativas”.
Nesse sentido, frisou que “mais de 40 entidades estão a trabalhar connosco e promovem iniciativas”, frisando que “há iniciativas espalhadas por todo o concelho, incluindo em algumas freguesias rurais”.
Da parte do próprio município, a vereadora deu destaque a duas iniciativas. “O concerto de Valas e Capitão Fausto, dia 22, na Arena d'Évora, e a 3.ª edição do Estágio da Orquestra Juvenil de Sopros”, referiu.
De acordo com Sara Fernandes, “este estágio tem vindo a crescer e envolve também jovens das freguesias rurais”, recordando que “dura uma semana e culmina com o concerto no dia 31, na Praça do Giraldo”.
Relativamente ao prémio “Imagem Gráfica”, a autarca disse que “foram apresentados 43 trabalhos”, garantindo que “este concurso não é só dirigido a alunos de artes, mas de qualquer área, pois o que pretendemos é o maior envolvimento possível para que os jovens se revejam neste Mês da Juventude”.
Quanto à vencedora foi Vanessa de Sousa, de Évora. Tem 19 anos e é aluna de Artes Visuais na Universidade de Évora, tendo concorrido pela primeira vez a este prémio.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.