Malo
Diario do Sul
diario jornal

Segundo o Portugal City Brand Ranking 2018

Évora é a melhor cidade do Alentejo

Autor :Diário do Sul

Fonte: Redação

21 Março 2018

Évora é a melhor cidade do Alentejo para Negócios, Visitar e Viver segundo o mais recente “Portugal City Brand Ranking”, promovido pela Bloom Consulting, que coloca a “capital” alentejana no 20º lugar em termos nacionais, numa classificação liderada por Lisboa, Porto e Cascais, respetivamente.

O Ranking regional do Alentejo apresenta um Top 5 que se mantém firme desde a edição de 2016, com Évora, Beja, Santarém, Sines e Portalegre a assumir os lugares cimeiros da tabela. Entre os cinco municípios com melhor desempenho, regista-se apenas a subida de uma posição no ranking de Negócios por parte de Portalegre, forçando uma descida do município de Sines, que não repercutiu qualquer alteração no ranking regional.

É preciso ir até ao 9º lugar para encontrar as primeiras alterações de posição em relação à edição anterior com uma troca direta entre Estremoz e Santiago do Cacém, que apresentam pontuações muito semelhantes. Esse é também o caso de Rio Maior (que subiu duas posições) e Montemor-o-Novo (que desceu uma posição), que estão agora separados apenas por uma posição nos rankings regional e nacional.

Numa região que este ano apresentou alguns altos e baixos significativos, destacam-se Ponte de Sôr, Crato, Golegã, Borba, Monforte e Mourão (que passou de último lugar na região para 50º). Uma nota de destaque também para Reguengos de Monsaraz, que subiu três posições no ranking regional e que consegue pela primeira vez chegar ao Top 10 regional da Dimensão Visitar.

Há que ressalvar que entre o 14º e 17º lugar, as diferenças nesta edição do ranking são muito reduzidas, sendo que apenas algumas décimas na pontuação que separam estes municípios.

Évora lidera região consistente

Évora volta a dominar o Ranking Regional do Alentejo em todas a Dimensões. Com uma performance sólida - quer estatística, quer digital - o histórico município alentejano consegue manter o seu 20º lugar na tabela nacional e o 10º no Ranking nacional da Dimensão de Turismo, o que faz deste município um dos mais proeminentes do país.

Subidas de destaque

A subida de uma posição por parte de Estremoz foi solitária num Top 10 que se tem mantido firme nas últimas edições do Ranking, mantendo-se este município alentejano à porta dos 100 primeiros do país. Destaque para Rio Maior que com a subida de 3 posições se encontra agora mais perto do Top 10 e para Reguengos de Monsaraz, que é agora 13º na região e 8º no ranking regional de Visitar.

Descidas de destaque

Santiago do Cacém, Benavente e Serpa apresentam descidas em relação às posições ocupadas no ano passado. Enquanto os dois primeiros se encontram numa plataforma muito competitiva com os municípios imediatamente acima e abaixo na tabela, o caso de Serpa - como referido nos destaques - encaixa-se num cluster de municípios cuja posição foi definida por uma diferença de décimas em relação à competição direta.

Reguengos de Monsaraz “Marca Estrela”

Neste estudo, que vai na sua quinta edição, destaque ainda para Reguengos de Monsaraz que foi contemplada com a “Marca Estrela”, uma designação que é dada a municípios que - apresentando resultados de topo – conseguem destacar-se nas diversas Dimensões e regiões de Portugal. O município liderado por José Calixto destaca-se, naturalmente, na região Alentejo.

Para além dos prémios atribuídos ao pódio de cada região, a Bloom Consulting entrega também anualmente um prémio às “Marcas Estrela” nacional, das 3 Dimensões e das 7 regiões de Portugal. Esta distinção não é atribuída necessariamente aos municípios que mais lugares subiram na tabela, mas sim àqueles que conseguiram - através de excelentes resultados - destacar-se e alcançar posições importantes nas respetivas regiões ou dimensões do ranking.

A Bloom Consulting baseia este seu estudo anual, Portugal City Brand Ranking© num algoritmo proprietário. Em cada edição, são consideradas diversas fontes de informação, relacionadas com as três dimensões (Negócios, Visitar e Viver) para a formação deste algoritmo. Os resultados finais deste ranking não só medem as perceções sobre um município, mas também classificam o desempenho da sua marca de uma forma tangível e realista.

Este algoritmo é composto por três variáveis base, utilizadas para analisar o sucesso da marca dos 308 municípios portugueses, bem como o seu desempenho relativo entre eles. Esta metodologia utilizada, avalia a variável económica turística e social, representada por dados estatísticos, a variável da procura através das pesquisas online captadas pela ferramenta Digital Demand - D2© e a variável da performance on-line, através da análise dos sites e das redes sociais oficiais de cada município. Desta forma concreta e rigorosa, é possível avaliar o desempenho e a eficácia dos diversos municípios na captação de investidores, turistas e novos residentes.

O estudo pode ser consultado aqui https://www.bloomconsulting.com/pdf/rankings/Bloom_Consulting_City_Brand_Ranking_Portugal.pdf

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.