Diario do Sul
diario jornal

Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito lançou vinho em honra de Vasco da Gama

“Um vinho para verdadeiros apreciadores”

“1498 é a data em que D. Vasco da Gama, conde da Vidigueira, chega à Índia. Este vinho foi lançado 520 anos depois como honra ao patrono da nossa Adega”, afirma o presidente da Adega José Miguel d’Almeida.

Autor :Redação

13 Junho 2018 | Publicado : 15:12 (13/06/2018) | Actualizado: 15:47 (13/06/2018)

Foi no dia 2 de Junho no Convento das Relíquias, na Quinta do Carmo, mais concretamente na Vidigueira, que foi lançado o vinho tinto topo de gama “1498” da Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito.

“Este é um vinho bastante complexo que teve o seu período de estágio em garrafa e em barrica e que acabou por ganhar uma estrutura bastante densa para poder aguentar todo este tempo até agora, ao momento da prova, com uma frescura e com uma longevidade que se advinha bastante simpática”, explica o presidente da Adega José Miguel d’Almeida.

 
O topo de gama tem uma edição limitada com apenas 1498 garrafas, todas elas enumeradas, com certificado de posse e disponibilizadas dentro de uma pequena caixa de madeira de nogueira polida.
Durante a sessão solene, foi feita uma prova do vinho lançado onde todos os que estavam presentes puderam experimentar e experiênciar esta novidade.

De acordo com o secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas, que também esteve presente na cerimónia do lançamento, “o vinho é um fator de desenvolvimento territorial a nível nacional. Esta ação simbólica, em primeiro lugar, celebra o vinho e o território onde é produzido. Em segundo lugar, celebra a força das adegas cooperativas”.

“Nós fizemos e continuamos a fazer coisas boas no setor do vinho e no setor agrícola e aquilo que precisamos de dizer ao país é que pode contar com este setor, que hoje tem peso na economia nacional e quer continuar a ser reconhecido”, rematou o Secretário de Estado.


Pedro do Carmo, deputado do PS, que também marcou presença no lançamento afirmou que esta cerimónia é muito importante para o Alentejo. “Vasco da Gama era aventureiro assim como nós alentejanos e é fundamental que isto saía bem assente daqui. Esta região tem tudo para crescer, será uma nova Califórnia daqui a dez anos. O vinho é, sem dúvida, um desses fatores de crescimento”.

“Foi um pedido interessante e desafiante, este que a Administração da Adega me lançou há alguns anos atrás. Foi-me solicitado que fizesse um vinho de topo, um vinho único e especial a partir de uvas tintas selecionadas em vinhas escolhidas entre as melhores dos nossos associados. Foi difícil a seleção, mas quando os cachos chegaram com uma extraordinária qualidade, deitar mãos à obra, e fazer este 1498, foi uma aventura inebriante”, confessa Luís Morgado Leão, o enólogo da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito.


A adega abre a possibilidade de colecionadores, ou simples interessados, poderem fazer a reserva de certas garrafas numeradas, ficando assim com a possibilidade de escolher certos números, que signifiquem datas, referências ou momentos especiais. Os interessados deverão formalizar os pedidos através do email info@adegavidigueira.pt , fornecendo também a indicação do nome que deverá ser gravado no certificado de posse que acompanhará cada garrafa.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.