Diario do Sul
diario jornal

Passadiço sobrelevado teve investimento de aproximadamente 800 mil euros

Praia de Monte Gordo proporciona melhores acessibilidades ao vasto areal

Foram necessários mais de três mil metros cúbicos de madeira para construir os 3.8 quilómetros de passadiço na praia de Monte Gordo. As montagens foram terminadas em maio, um mês antes do prazo final do prazo agendado.

Autor :Maria Antónia Zacarias

17 Agosto 2018

As obras foram encomendadas pelo Município de Vila Real de Santo António, ciente da aposta necessária nas
condições da praia que, ano após ano, acolhe milhares de turistas e locais.
A colocação dos 3.8 quilómetros de passadiço – 12.117 m2 – resultou num investimento de aproximadamente 800 mil euros e levou 12 meses até ficar finalizada. Esta é já a maior estrutura do género do Sotavento algarvio, mas a ideia da Câmara de Vila Real de
Santo António, promotora da obra, é prolongá-lo por mais quatro quilómetros, até à sede do concelho, tornando-o “o maior do Algarve e um dos mais extensos do país”.
O novo passadiço pedonal sobrelevado de Monte Gordo foi inaugurado em julho, tendo sido instalada a iluminação em toda a sua extensão, bem como de zonas de descanso e um circuito pedonal e de lazer. A Câmara de Vila Real de Santo António pretende que a
extensão até à sede de concelho, mais precisamente ao longo da Mata Nacional das Dunas Litorais, arranque no mês de outubro.
A esta estrutura foi atribuído o nome de “Passeio Marítimo Dr. António Almeida Santos”, em homenagem ao ex-presidente da Assembleia da República, frequentador assíduo desta localidade e com a qual mantinha laços de afinidade, segundo a autarquia.
Quem usar este passadiço tem, agora, acesso ao areal da praia de Monte Gordo, mas também a todos os apoios de praia ali existentes.
O extenso areal da praia de Monte Gordo é banhado pelas águas mais quentes de Portugal continental, possuindo excelentes infraestruturas que incluem espaço para jogos, restaurantes e esplanadas.
A localidade de Monte Gordo, mesmo ao lado da praia, sofreu um grande desenvolvimento turístico nos anos 60, possuindo atualmente uma vasta oferta hoteleira e animação diversificada e agora é reforçada com este passadiço que se revela uma mais-valia para o concelho e para toda a região algarvia.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.