euroace
Diario do Sul
diario jornal

Momondo fez estudo sobre o que fazem os portugueses com o smartphone nas férias

“Não desligam” de postar fotos e procurar locais porque têm o telemóvel como amigo inseparável

Recorrer ao GPS para encontrar o melhor caminho, pesquisar restaurantes, encontrar atividades de lazer e retratar as aventuras nas redes sociais são as funcionalidades preferidas dos portugueses também durante as férias.

Autor :Maria Antónia Zacarias

27 Agosto 2018 | Publicado : 10:37 (27/08/2018) | Actualizado: 10:58 (27/08/2018)

O estudo foi feito por um motor de busca de viagens, hotéis e aluguer de carros e que revela que já ninguém vai de viagem sem os seus dispositivos tecnológicos e o smartphone é o equipamento menos provável de ficar em casa. O International Travel Study tem o objetivo de mostrar quais os hábitos de viagens em todo o mundo. Em 2018 foram questionadas 26.216 pessoas de 26 países diferentes. No
que diz respeito a Portugal foram questionados 998 portugueses com idades entre os 18 e os 65 anos. Este estudo ocorreu entre 9 e 17 de janeiro de 2018 e mostra que embora as férias sejam períodos de relaxamento e de “desligar” das rotinas do dia-a-dia, certo é que o
computador portátil ou o smartphone são amigos inseparáveis. De acordo com esta investigação, os portugueses que viajam de avião rumo ao seu destino de férias utilizam os telemóveis para fazer uma melhor gestão dos cartões de embarque, contribuindo para reduzir o tempo que se passa no aeroporto. São estas as aplicações mais procuradas por 30 por cento dos inquiridos nacionais.
Planear experiências com ajuda do smartphone são outras das potencialidades usadas, isto é, os portugueses recorrem frequentemente (59 por cento) a aplicações no seu telemóvel que lhes permitem encontrar os melhores restaurantes, bares, sugestões de circuitos e atividades disponíveis no destino onde passam as férias.

Utilização do GPS é uma das funcionalidades mais utilizadas

O mesmo se aplica na hora de procurar os melhores passeios nos arredores, com 21 por cento dos inquiridos a recorrem ao seu smartphone para se inspirarem. Caso se percam ou precisem de ajuda a encontrar um atalho para voltar ao local de partida, 73 por cento recorrem ao GPS para “nunca perder o norte”.
Outra das conclusões do estudo, que é alvo de divergentes opiniões, é o facto de os portugueses “não desligarem nunca” das novas tecnologias. Tudo está à distância de um clique para colocar publicações (38 por cento) ou fotografias (33 por cento) nas redes sociais.
Questionados sobre quais são as motivações que os levam a estes comportamentos mesmo em tempo de férias, os inquiridos nacionais respondem que gostam de manter os seus amigos e seguidores atualizados sobre as suas aventuras.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.