MALO
Diario do Sul
CCDR Portugal 2020

Equipa CCVEstremoz Viagens no Cosmos Manjares no Claustro do Convento das Maltezas

O Centro Ciência Viva de Estremoz regressa ao passado, por uma noite

Quando sentares à mesa não afrouxes o cinto, para não passares por selvagem. É regra comeres com a mão. Tendo lavado as mãos para comer, não toques em nada que não seja comida, até que tenhas terminado.

16 Outubro 2018 | Publicado : 15:05 (16/10/2018) | Actualizado: 15:06 (16/10/2018)

Ouvir estilhaçar as esferas de cristal onde Aristóteles “pendurou” os planetas enquanto degusta uma Sopa de “queijo” de Caldo de Vaca…Aprender a marcar os solstícios e equinócios com um pau, espetado no chão, a saborear Almôndegas de Borrego…Perceber os movimentos do Sol enquanto come uma Perdiz das Maltezas…Falar sobre gravidade a saborear uma sobremesa única, o Pudim de Água do Convento das Maltezas…

 Durante uma noite única a prioresa do Convento das Maltezas recebe no interior das seculares paredes do Convento uma embaixada de freiras, monges e sábios cientistas, bem com a Vós curiosos peregrinos. Porque as demandas da Fé e do Saber desgastam Vossas vestes e enfraquecem Vossos físicos, temos para Vós vestes quentes e alimentos para o corpo e para a Alma.

 O Convento das Maltezas é o lugar privilegiado para numa noite de Outono, em torno de uma ceia monástica, contactar com algumas das personagens que moldaram a forma como os Homens foram encarando o Universo que os rodeia. Da perfeição das esferas de cristal de Aristóteles, onde se encontram pendurados os planetas do nosso sistema Solar até à maravilhosa visão que a Ciência actual nos proporciona, um longo caminho foi percorrido…

 A Ciência, a Gastronomia, a História, a Olaria e a Música auxiliam esta fantástica viagem no tempo, permitindo experienciar como seria, em todo o seu esplendor, um banquete monástico do século XVII; Qual a ementa? Quais os talheres utilizados? … e as regras de etiqueta? … e a iluminação? … haveriam guardanapos?

“Na verdade, a imaginação não passa de um modo da memória, emancipado da ordem do tempo e do espaço”.

Saiba mais aqui: http://www.ccvestremoz.uevora.pt/jantar-monastico/     

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.