euroace
Diario do Sul
diario jornal

Além de farmacêutica e escritora, foi também uma feminista e resistente antifascista

Alentejana Sofia Pomba Guerra homenageada em Lisboa

A Casa do Alentejo, em Lisboa, vai promover uma homenagem à intelectual e ativista alentejana Sofia Pomba Guerra. A iniciativa está agendada para o próximo sábado, às 15h30.

Autor :Redação

19 Outubro 2018

Destacada feminista e resistente antifascista, Sofia Pomba Guerra teve um papel de liderança nas campanhas
presidenciais de Norton de Matos em Moçambique (1949) e de Humberto Delgado na Guiné (1958). Foi presa
política em Moçambique e em Caxias (1949/50).
O seu apoio à luta contra o colonialismo seria enaltecido por Amílcar Cabral e pelos primeiros presidentes de Cabo Verde e Guiné-Bissau, Aristides Pereira e Luís Cabral.
Farmacêutica e escritora, Sofia Pomba Guerra foi uma mulher de ciência e cultura. Nasceu na cidade de Elvas em 1906 e faleceu em Cascais em 1976. Esta homenagem contará com intervenções dos investigadores Diana Andringa, Carlos Lopes Pereira e Luís Carvalho. A atriz Daniela Rosado lerá poesia da escritora moçambicana Noémia de Sousa.
Para além disso, o programa inclui música africana e alentejana, confraternização e beberete.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.