euroace
Diario do Sul
diario jornal

Uma ação com o propósito de animar a cidade

Mas afinal o que são as 'Montras Vivas' de Évora?

Este ano repete-se a 4ª edição das “montras vivas”, mas ainda existe quem não tenha conseguido perceber ao certo para que serve esta ação. Rumo ao casting deste evento, decidimos entender a importância deste evento e o porquê de se continuar a realizar.

Autor :Leonor Centeno

Fonte: Redacção «Diário do SUL»

04 Dezembro 2018 | Publicado : 18:05 (04/12/2018) | Actualizado: 18:06 (04/12/2018)

O casting que estava previsto começar às 18h, no dia 27, já enchia a entrada do Évora Olive Hotel por vários interessados antes da hora prevista. Adultos, jovens e crianças esperavam pela sua vez com a expetativa de participar na ação das “montras vivas”. Na recepção podia-se ouvir várias vezes “boa tarde, vim para o casting...sabe onde é a sala?”. À medida que subíamos as escadas que davam acesso à sala da “seleção” para o projeto das montras, podíamos ver todo o tipo de pessoas.: loiras (os), morenas(os), altas(os) e baixas(os)... Este não era um casting qualquer, aqui a diferença notou-se pelo simples facto de os modelos não serem todos iguais.

Para o organizador Nuno Monteiro, do AllenStage, este casting não pretende modelos ideais mas pessoas verdadeiras. A ideia é que as pessoas estejam dispostas a “dar pela cidade” e animarem. “Este projeto tenciona que, neste dia, seja um dia de festa mas acima de tudo que seja uma ação de todos e para todos. Vamos tornar o Centro Histórico vivo com iniciativas que vão desde as 11h da manhã às 18 e com vários apontamentos como o cante alentejano e outros espetáculos. Esta é uma forma dos comerciantes aproveitarem da melhor forma, promovendo-se, quer comercialmente, quer ao nível da sua imagem. O facto de sermos o maior evento de 'Monstras Vivas' do mundo é apenas mais um apontamento porque aquilo que nos move não são os recordes. Queremos é que mais pessoas se juntem a nós para dar vida à cidade”, afirmou.

Paulo Piçarra, enquanto editor do grupo do Diário do Sul e organizador, explicou que o grande objetivo desta ação é animar o Centro Histórico. “A ação visa promover o Centro Histórico e consequentemente o comércio local de forma a que ele possa aproveitar o momento especial para mostrar aos clientes habituais e aos turistas o que de melhor têm. Este é um evento para a cidade e para os comerciantes aproveitarem e se promoverem”, concluiu.

A 4ª edição das “Montras Vivas” vai-se realizar no dia 15 de dezembro, penúltimo sábado antes do Natal, das 11h da manhã às 18h, no Centro Histórico de Évora.

Nuno Pinto, diretor de Évora Olive Hotel

“Associámo-nos a esta ação porque gostamos de estar presentes na vida de Évora. O Évora Olive Hotel tal como o nome indica tem presente a raiz do azeite. Aqui tentamos ao máximo usar o azeite, quer nas ementas, quer na nossa mercearia ou até mesmo na decoração do hotel. A ideia é utilizarmos sempre produtos regionais de modo a promover o Alentejo. E apesar de trabalharmos maioritariamente com turistas, temos um belíssimo restaurante e espaço onde quem quiser comer ou beber um copo pode vir dar um salto e desfrutar. Temos todo o gosto em receber os portugueses até porque esse é outro dos nossos propósitos”.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.