MALO
Diario do Sul
CCDR Portugal 2020

Comissão Europeia visita projectos do ALENTEJO 2020

No âmbito da 10ª. Reunião do Comité de Acompanhamento do ALENTEJO 2020, realizada dia 11 de dezembro em Rio Maior, representantes da Comissão Europeia, acompanhados por membros da Autoridade de Gestão do ALENTEJO 2020  , visitaram projectos cofinanciados por Fundos da União Europeia.

13 Dezembro 2018

Com estas visitas procurou-se " mostrar" os bons resultados da aplicação dos Fundos da
União Europeia, no apoio ao empreendedorismo, emprego e dinamismo dos nossos
empresários.
 No dia 10 de dezembro, durante a tarde, foi visitado : " Crescendo - Centro Materno
Infantil do Alentejo, Ldaª." localizado em Évora.
Trata-se de uma operação aprovada no âmbito do  Sistema de Incentivos ao
Empreendedorismo e Emprego -SI2E conta com um apoio comunitário multifundo de
3.281,01€ (FSE) e  8.659,39€ (FEDER) 
 A empresa criou um conceito inovador de clínica materno - infantil que conjuga todas
as valências essenciais para a mãe e para a criança. Inicialmente foi desenvolvida a área
pediátrica com consultas de especialidades, algumas delas inexistentes no distrito.
Pretende-se agora desenvolver a ginecologia- obstetrícia, criando um espaço integrado
para mães e crianças, complementando o processo clínico com cuidados pré e pós parto.
O Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e Emprego -SI2E visa operacionalizar
os apoios ao empreendedorismo e à criação de emprego, como instrumento multifundo
o FEDER cofinancia a componente de investimento de projectos de criação, expansão
ou modernização de empresa que contribua para a diferenciação ou inovação da oferta
de bens e serviços do território ou da empresa, e o FSE cofinancia a criação líquida de
emprego. 

 

 No dia 11 de dezembro, durante a tarde, foi visitada a " Fábrica da Igreja Paroquial de
Samora Correia", Conservação e Restauro do Património  Integrado da Igreja Matriz de
Samora Correia.
A operação visa a conservação , o restauro , a valorização e consequente promoção do
património integrado da Igreja Matriz de Samora Correia, classificada como Imóvel de
Interesse Público.
Os trabalhos incidem nas madeiras, talhas, esculturas e revestimento azulejar das
paredes.
Esta operação conta com um apoio comunitário de 823134,18 euros FEDER.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.