SME
Diario do Sul
Portugal 2020 projetos Março

Ler jornais é saber mais,

Uma faixa, uma rota, sabe o que é?

*

Autor :Ana Cristina Cruz*

05 Fevereiro 2019

As páginas deste suplemento são a afirmação de que este slogan dos anos 80 do século vinte é mais atual do que nunca.

Um suplemento que traz informação sobre a China é muito mais do que uma notícia, é uma imersão em conhecimento.

A Plataforma dos Media de Língua Portuguesa para a Rota da Seda, para o programa Uma Faixa, é uma base de dados em construção, com a contribuição do Diário do Sul, para que os seus leitores possam conhecer e compreender melhor o mundo em que vivem.

O projeto Uma Faixa, Uma Rota foi lançado em 2013 pelo governo chinês com o objetivo de delimitar as relações comerciais da China, em franca expensão na época, com o mundo e sobretudo com a Europa e América do Sul Atlântica.

É um projeto sustentado em ancestrais relações da China com parceiros de comércio europeus, mas também da Península Arábica e da Europa Central; dos genoveses aos azeris sem esquecer os sihks, as mercadorias passavam de mão em mão, de camelo, em carroça de cavalo, em mula, até chegar às tendas dos comerciantes de Veneza ou da Flandres para espanto e ornamentação de poderosos europeus.

Assaltos, roubos, traições eram os principais riscos, valorização, sedução e diferenciação eram os maiores benefícios deste comércio milenar que, em meados de quinhentos, os portugueses transformaram em transporte marítimo, mais rentável e rápido ainda que com o risco da meteorologia e da pirataria, estabelecendo a troca de produtos e experiências pois as naus navegavam em ambos os sentidos dando ao comércio unidirecional de milénios uma nova dimensão de intercâmbio.

Uma Faixa, Uma Rota é assim a proposta de um novo modelo de relação comercial e cultural entre povos e em que, pela primeira vez, a informação noticiosa e comercial são tratadas ao mesmo nível que as trocas efetivas de produtos e serviços. São utilizadores, consumidores e cidadãos que se deparam com escolhas e opções que, desenraizadas das suas bases históricas, sociais e tradições culturais facilmente se assemelham a ameaças politicas ou conspirações destruidoras.

A Plataforma dos Media de Língua Portuguesa, Uma Faixa, Uma Rota, foi criada em Aveiro, em novembro de 2017, para oferecer a diversidade e pluralidade de pontos de vista e análises que os editores de jornais e outras publicações em língua portuguesa podem reunir, permitindo também que empresários e comerciantes apresentem e promovam os seus produtos em cinco continentes para os mais de 500 milhões de falantes de língua portuguesa.

Esta plataforma, que será brevemente aberta ao público, espera ser um contributo ativo para as relações culturais, comerciais e de cidadania entre o mundo em português e os chineses, sejam os do continente asiático sejam os das comunidades chineses da diáspora.

A Plataforma dos Media de Língua Portuguesa, Uma Faixa, Uma Rota, promoveu já visitas de trabalho a diferente regiões da China por ocasião de conferências internacionais que vão constituir a base da recolha de informação sobre diferentes e diversos aspetos da vida e da cultura na China e sobre as relações comerciais, culturais e de cidadania em construção.

 * Plataforma dos Media de Língua Portuguesa, Uma Faixa, Uma Rota.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.