alimentos extremadura
Diario do Sul
MaloSaraMatos

Economista e gestor Jaime Quesado apresentou livro em Évora

“My Europe” é alerta para a criação de um espaço único e competitividade internacional

A Universidade de Évora foi o local escolhido por Francisco Jaime Quesado para apresentar o seu mais recente livro intitulado “My Europe”. Depois de o ter anunciado em várias cidades do país e em Bruxelas veio ao Alentejo onde lamentou que não se tenha, a seu ver, ainda conseguido aquelo que era o projeto inicial europeu, ou seja, transformar a Europa num espaço único que permitisse que os países beneficiassem de uma plataforma comum em termos de competitividade internacional.

Autor :Maria Antónia Zacarias

Fonte: Redacção «Diário do SUL»

15 Fevereiro 2019

Através do livro “My Europe”, Jaime Quesado pretende enaltecer o significado simbólico das palavras confiança e partilha. O economista e gestor estabelece um paralelo entre a Europa que quer e a região Alentejo. “Da mesma forma que a comunidade alentejana tem, ao longo dos tempos, consolidado aqueles valores na sua identidade social, também a Europa precisa de renovar o seu contrato para o futuro, mobilizando os seus cidadãos para uma agenda de confiança e de partilha”, sustentou.

O livro reúne um conjunto de textos publicados na crónica semanal intitulada “Nova Competitividade” no jornal de Bruxelas “New Europe”, espelhando os dez anos de colaboração com este periódico que é considerado um jornal revolucionário na Bélgica.  

Na sua intervenção, Jaime Quesado revelou sentir-se algo “desencantado” com o projeto europeu, considerando que este sentimento é transversal aos povos da União Europeia na relação que têm com as instituições. O autor mostrou-se igualmente apreensivo quanto à crescente radicalização dos discursos e do ressurgimento dos nacionalismos na Europa.

Implementação de políticas de integração, inclusão, informação, inovação e inteligência

Em seu entender, é urgente implementar políticas que confluam para aquele que entende ser o verdadeiro projeto europeu, a “My Europe” assente em cinco “i’s”: integração, inclusão, informação, inovação e inteligência. A mais recente obra deste gestor sintetiza a sua visão sobre a Europa, “nas suas diferentes dimensões de integração e inclusão, através duma agenda de partilha em termos de informação e inovação e num contexto de colaboração inteligente entre pessoas e instituições”.

Nesta sessão de apresentação esteve o vice-reitor da Universidade de Évora para a Inovação, Cooperação e Empreendedorismo, Soumodip Sarkar, que afirmou que “o autor ambiciona um projeto único, uma Europa unida na sua pluralidade e onde o conhecimento é um dos seus maiores ativos”.

Para a administradora da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), Paula Martins da Cunha, também presente nesta iniciativa, este livro “obriga-nos a pensar e a refletir sobre o futuro do velho continente”.

A sessão contou com a com moderação de André Espenica da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.