auchan
Diario do Sul

CHEBEC: HACKING THE MEDITERRANEAN ECONOMY THROUGH THE CREATIVE AND CULTURAL SECTOR

INICIADO EM FEVEREIRO O PROGRAMA DE APOIO A PROFISSIONAIS E ORGANIZAÇÕES DO SECTOR CULTURAL E CRIATIVO

No âmbito do projeto Chebec - Hacking the Mediterranean economy through the Creative and Cultural Sector, de entre 19 candidaturas recebidas, foram selecionados 10 beneficiários do sector cultural e criativo do Alentejo Central que irão integrar o programa de apoio à internacionalização. Estes 10 beneficiários1 são oriundos da área da Música, Teatro e Teatro de Marionetas, Design de Moda, Cinema, Escultura, Artes Visuais. O programa de apoio passa por um conjunto de ações de formação, por uma consultoria i

28 Fevereiro 2019

No âmbito do projeto Chebec - Hacking the Mediterranean economy through the Creative and Cultural Sector, de entre 19 candidaturas recebidas, foram selecionados 10 beneficiários do sector cultural e criativo do Alentejo Central que irão integrar o programa de apoio à internacionalização. Estes 10 beneficiários1 são oriundos da área da Música, Teatro e Teatro de Marionetas, Design de Moda, Cinema, Escultura, Artes Visuais.

O programa de apoio passa por um conjunto de ações de formação, por uma consultoria individualizada a cada beneficiário, por ações de mobilidade e troca de experiências entre profissionais e organizações das restantes regiões do projeto e, finalmente pela atribuição de vouchers de inovação para desenvolvimento de ações concretas e a identificar ao longo do programa. O objetivo central é apoiar estes agentes culturais em áreas onde persistam dificuldades (esquemas de financiamento, estratégias de comunicação, criação de públicos, mobilidade e promoção externa, entre outros) com vista ao desenvolvimento de competências e contactos internacionais, transversais a todas as regiões envolvidas no Chebec. A primeira sessão de formação no Alentejo Central teve início a 21/02/2019 e contou com o apoio do NERE.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.