MALO
Diario do Sul
CCDR Portugal 2020

Entre 22 e 24 de Abril

Universidade de Évora acolhe congresso internacional sobre vida religiosa feminina

Um Reino de Mulheres: Expressões literárias, culturais e artísticas nas instituições monástico-conventuais femininas”. Este título agrega as diferentes dimensões presentes no congresso internacional que vai ter lugar na Universidade de Évora (UÉ), entre hoje e quarta-feira.

Autor :Marina Pardal

Fonte: Redacção «Diário do SUL»

22 Abril 2019

A abertura do evento acontece no primeiro dia, pelas 9h30, no auditório do Colégio do Espírito Santo, decorrendo depois as sessões e as conferências em diferentes salas deste edifício.
A organização do certame junta um conjunto diversificado de centros de estudos e institutos ligados a esta área, nomeadamente o CEL-UÉ (Centro de Estudos em Letras da UÉ); o CIDEHUS (Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da UÉ); o CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa); ou o CREPAL (Centre de Recherches sur les Pays Lusophones).
Fazem ainda parte da comissão organizadora o IECCPMA (Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes); a CIRP (Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal); o IEAC-GO (Instituto de Estudos Avançados em Catolicismo e Globalização); o IPPEM (Instituto da Padroeira de Portugal para os Estudos da Mariologia); o Instituto de Estudos Medievais (FCSH – UNL); o Kennedy Centre - Global Women’s Studies; e a UNIFESSPA (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará / Grupo CNPq: Estudos Portugueses e Africanos).
De acordo com a organização do congresso, “o monaquismo feminino tem vindo a conquistar o interesse de um número cada vez maior de investigadores, de diversos domínios e cronologias, e que encontram na vida religiosa feminina um campo fértil de reflexão e de produção de conhecimento”.
Nesse sentido, salienta que “este congresso visa agregar especialistas e investigadores de diferentes domínios, como História, História Religiosa, Literatura, Música, História de Arte, Património, Quotidianos e Cultura Material, em torno da vida religiosa feminina e das expressões de religiosidade e de criatividade em contexto monástico no tempo longo”.
Segundo a mesma fonte, “a iniciativa centra-se no território português, mas é aberto às realidades ibérica, latino-americana, europeia e ásio-atlântica que o enquadram, contextualizam e singularizam”.
Como tal, “há uma aposta no diálogo seminal entre as distintas disciplinas, visando a partilha de novos dados sobre o universo monástico-conventual feminino”.
Com um programa bastante vasto, o congresso inclui cerca de 30 sessões que vão estar repartidas por diversas áreas relacionadas com a temática central.
“Misticismo e espiritualidade nos espaços conventuais femininos; claustro, criatividade e expressões artísticas no feminino; ou produção escrita no mundo claustral: as monjas escritoras” são exemplos dos temas em destaque.
Dar nota ainda de mais algumas questões que vão ser debatidas ao longo destes três dias, como “a educação e formação femininas em ambiente monástico; os espaços monásticos e a Casa Real: as princesas monjas; os prazeres da mesa e os receituários conventuais; ou o controlo masculino nos claustros femininos”.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.