Diario do Sul
AQUAPORTIMÃO

Ópera e Musicais e Canções e Danças da Renascença

Ciclo “Música e Outras Artes nos Claustros”, em Évora

A Associação Eborae Mvsica realiza nos dias 19 e 20 de Julho, às 21h30, mais dois concertos integrados no Ciclo “Música e Outras Artes nos Claustros”, nos claustros do Convento dos Remédios, em Évora.

15 Julho 2019 | Publicado : 17:59 (15/07/2019) | Actualizado: 18:00 (15/07/2019)

Dia 19, Ópera e Musicais. Programa: Parte I – Ópera - “Entrez, entrez, jeune fille” (La Vie Parisiènne) – Offenbach; “Barcarolle” (Os Contos de Hoffmann) – Offenbach; “Madamina, il catalogo è questo”(Don Giovanni) – Mozart; “Non ti fidar o misera” (Don Giovanni) – Mozart; “Se acaso madama la notte ti chiama” (As bodas de Figaro) – Mozart; “Intermezzo” (Cavalaria Rusticana) – Mascagni; “Seguidilla” (Carmen) – Bizet; “Toreador” (Carmen) – Bizet; “La danza” (Tarantela Napolitana) – Rossini; “Adina, credimi” (Elixir do amor) – Donizetti; “Duo de fleurs” (Lakmé) – Léo Delibes; “Quando me'n vo' – Valsa da Musetta” (La Bohème) – Puccini; “Bella figlia dell'amore” (Rigoletto) – Verdi. Parte II – Musicais: “Willkomen” (Cabaret) – John Kander; “Impossible dream” (The Man from la Mancha) – Mitch Leigh; “Macavity” (Cats) - A. Lloyd Webber; “I’d give my life for you” (Miss Saigon) – M. Schonberg; “Maria” (West Side Story) – Leonard Bernstein; “Wouldn’t it be loverly” (My Fair Lady) – Frederick Loewe; “The plagues” (Prince of Egipt) – Stephen Schwartz; “Not while i’m around” – (Sweeney Todd) – Stephen Sondheim

“Where’s the girl?” (The Scarlet Pimpernel) – Frank Wildhorn; 0“My favorite things” (The Sound of Music) – Rodgers & Hammerstein; “Lilly’s eyes” (The Secret Garden) – Lucy Simon; “As if we never said goodbye” (Sunset Boulevard) – A. Lloyd Webber; “Do you hear the people sing” (Les Misérables) – M. Schonberg.

Intérpretes: Sofia de Castro (soprano); Inês Madeira (mezzo-soprano); Paulo Carrilho (tenor); Diogo Oliveira (barítono); Abel Chaves (pianista).

 

Dia 20, Danças e versões instrumentais de Canções europeias do século XVI pelo Ensemble Music'Alta , Música de altos menistreis.

Intérpretes: João Mateus - charamelinha, charamela, bombarda tenor e direção; Joaquim António Silva – bombarda alto, gaita-de-foles, alaúde; Hélder Rodrigues - sacabuxa tenor e sacabuxa baixo; Paulo Cordeiro - sacabuxa tenor; João Barroso – traverso, atabale, pandeiro; André Boita – dançarino; Manuela Baroso – dançarina.

Programa: Versões instrumentais de canções anónimas e de Josquin Deprez (1450-1521) e Música de Dança Europeia de meados do século XVI, recolhidas nomeadamente das colectâneas de Pierre Attaingnant (1530), Tielman Susato (1551), Claude Gervaise (1540) e Pierre Phalèse (1571 e 1583) e Michael Praetorius (1612).

 No final da Idade Média e na Renascença, o termo "Menistreis" designava o conjunto de músicos instrumentistas. Constituíam um grupo de músicos profissionais que trabalhavam para o rei, nobre, igreja ou poder municipal, de uma forma mais ou menos permanente. Estes músicos que nos aparecem com as diferentes designações de "menestres", ou “menistréis”, eram muitas vezes multi-instrumentistas que formavam conjuntos relativamente autónomos.

O ciclo prossegue dia 27, com “Paralelismos” com Sandra Medeiros (soprano) Catarina Costa e Silva (bailarina) e a Orquestra Barroca de Mateus  dirigida por Ricardo Bernardes; no dia 28 – Concerto Poético “D. Maria II- Viagens Breves” por Patrizia Giliberti (piano) e Manuel Coelho (ator).

A Organização é da Associação Eborae Musica entidade financiada pelo Ministério da Cultura- DGArtes, com Co-Produção com a Câmara Municipal de Évora, e apoio de: Diário do Sul, A Defesa, Registo, Antena 2  e Rádio Diana.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.