Diario do Sul

Efeméride

Sala Dialogue Café no Centro de Inovação Social celebra primeiro aniversário

Fundação Eugénio de Almeida dinamizou 20 sessões de diálogo intercultural envolvendo 5 países

06 Dezembro 2019

No dia 21 de Novembro, com a realização da sessão “Entrepreneurship & Soft skills – the new young leaders”, a Fundação celebrou o primeiro aniversário da Sala Dialogue no Café no Centro de Inovação Social, tendo nesta sessão participado profissionais localizados em Évora, Belgrado, Cidade da Praia, Lisboa e Novi Pazar.

As salas Dialogue Café constituem uma rede aberta de videoconferência de elevado desempenho técnico, espalhadas um pouco por todo o mundo, desenhadas especificamente para aproximar a sociedade civil e promover o encontro entre comunidades de interesse, a partilha de boas práticas, ideias e projetos, em suma, facilitar o diálogo entre diferentes culturas em distintos territórios. Este projeto nasceu em 2010 por iniciativa do então Alto Comissário da Aliança das Civilizações, Dr. Jorge Sampaio, com o objetivo de garantir que a distância não seria um pretexto para a falta de diálogo, de compreensão, de intercâmbio entre cidades do mundo e de culturas, concretizando o mote da Aliança das Civilizações de “aproximar culturas para construir a paz”.

O espaço Dialogue Café da Fundação Eugénio de Almeida, localizado no Centro de Inovação Social, está focado em temas como o Empreendedorismo e Inovação Social, o Voluntariado e Cidadania Ativa, a Educação, as Artes e Cultura, vetores identitários do trabalho na área da missão da Fundação Eugénio de Almeida.

Segundo Henrique Sim-Sim, Coordenador da Área Social e de Desenvolvimento da Fundação Eugénio de Almeida, “durante este primeiro ano de atividade participámos em 20 sessões com representantes de 5 países, tendo envolvido cerca de 50 pessoas da nossa comunidade. Esta sala permite aproximar Évora a outras partes do mundo, através de uma estimulante experiência tecnológica e de partilha. As sessões Dialogue Café decorrem, habitualmente, uma vez por semana de acordo com uma programação própria, e são abertas à sociedade civil bastando para isso contactar a Fundação, sendo também retransmitidas através de streaming nas redes sociais”.

A inclusão de jovens NEET, o defesa dos Direitos Humanos, a promoção da Economia Circular, do Património Cultural, da inovação e sustentabilidade nas organizações do Terceiro Sector, o Acesso à Água ou a Celebração do Voluntariado, são alguns dos 20 temas que foram debatidos na sala Dialogue Café do Centro de Inovação Social da Fundação durante este primeiro ano de atividade.

A rede Dialogue Café constitui-se por isso num importante instrumento para o estímulo à criatividade e à inovação, à partilha e ao conhecimento, à aprendizagem e à aproximação entre comunidades, contribuindo para a abertura ao exterior da sociedade civil local e para o estabelecimento de pontes com outros locais e profissionais de vários pontos do mundo.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.