Diario do Sul

Natal no Alentejo

Ainda vamos a tempo de salvar o nosso presépio tradicional?

Durante anos o presépio tradicional marcou presença nas casas do Alentejo, mas há quem garanta que a recriação do nascimento de Jesus está ameaçada, nos moldes em que a conhecemos desde os tempos dos nossos avós. E porquê?

Autor :Roberto Dores

Fonte: Redacção «Diário do SUL»

13 Dezembro 2019

Bem diferente do que ficou uns anos lá trás, quando as famílias se reuniam no Dia da Mãe, então celebrado a 8 de dezembro, para fazer o presépio, traduzindo um dia de partilha, em que até já se comiam doces semelhantes aos da noite de consoada.

Leia na íntegra nas edições Diário do SUL - 13Dezembro2019

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.