Diario do Sul

SOLIDARIEDADE

O MERCADO DOS MOSQUETEIROS DE ÉVORA oferece equipamentos de proteção individual aos Bombeiros de Évora

A campanha de responsabilidade social do Grupo Os Mosqueteiros, que detém em Portugal as insígnias Intermarché, Bricomarché e Roady, conseguiu angariar este ano 500 equipamentos de proteção individual de combate a incêndios florestais que estão agora a ser distribuídos a 100 corporações de bombeiros voluntários a nível nacional.

26 Dezembro 2019

No dia 13 de Dezembro de 2019 foram os Bombeiros de Évora que viram uma das suas equipas totalmente equipadas com fatos de proteção individual de combate a incêndios florestais, constituídos por bota florestal, luvas, cógula, fato de proteção florestal (Calças e Dólman), capacete e sweatshirt.
Em parceria com a Liga dos Bombeiros Portugueses, o Grupo desenvolveu um livro infantil “Pafi ensina a poupar água” com o objetivo de sensibilizar e envolver os mais novos para a poupança de água e em simultâneo ajudar a angariar fundos para a compra de equipamentos de proteção individual de combate a incêndios florestais.
Para o Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, “a renovação de equipamentos é fundamental para a segurança dos nossos Bombeiros”.
O livro “Pafi ensina a poupar água” esteve à venda nas 320 lojas do Grupo Os Mosqueteiros entre 1 de junho e 31 de agosto. A campanha contou com a participação da artista Blaya, que compôs uma música e desenvolveu uma coreografia em conjunto com a mascote do Grupo, o Pafi, de forma a divulgar o livro.
Durante a entrega dos equipamentos o Sr. Luis Matias em representação do Mercado dos Mosqueteiros de Évora, dono da loja de Intermarché de Évora da Zona Industrial, fez questão de sublinhar: “Os Bombeiros são uma estrutura muito importante no apoio que dão à comunidade da nossa região e como tal esta é uma iniciativa que nos enche de orgulho. Sentimos que é nosso dever retribuir o que estes heróis fazem por nós e passar os seus valores e preocupações às gerações mais novas, para que também elas estejam sensibilizadas e atentas à preservação dos nossos recursos naturais.”

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.