capital humano
Diario do Sul

Autoridade de Saúde Regional afirma que evolução na região "é a esperada"

Fonte: Redação DS

26 Março 2020

A Autoridade de Saúde Regional, Filomena Araújo, afirma, em comunicado, que até hoje foram diagnosticados 20 casos confirmados. A maioria resultou de infeções contraídas fora do país ou fora da região Alentejo.
"O aumento do número de casos na Região Alentejo é a evolução esperada na situação epidemiológica em curso, pelo que se deve manter a serenidade e evitar medidas discriminatórias e de invasão de privacidade dos casos e seus contactos", frisa.

A responsável garante que a rede de saúde pública da região tem ativamente participado nas medidas de contenção, promovendo a avaliação de todos os casos suspeitos identificados, a vigilância de todos os casos que o justificaram e a investigação epidemiológica, em articulação com os recursos instalados SNS, LAM – Linha de Apoio ao Médico e Hospitais de referência, e os serviços de saúde da região.

"Os serviços de saúde continuam o trabalho de deteção precoce, vigilância e controlo para minimizar o número de casos", garante.

Filomena Araújo alerta par, a nível individual e coletivo, manter as medidas que promovem a contenção da doença por parte de todos os cidadãos.

"Consciente de que o Alentejo e todos os que aqui residem e trabalham, saberão estar unidos na luta contra este desafio global enorme, não posso deixar de apelar à participação ativa de todos para que sigam as recomendações que forem sendo difundidas, de acordo com a evolução da situação", frisa.

Têm sido divulgadas as recomendações nacionais para a população sobre as medidas de prevenção, nomeadamente o distanciamento social (evitar contacto próximo com outras pessoas), a adoção de medidas de higiene das mãos, de limpeza de objetos e superfícies e de etiqueta respiratória (não espirrar, tossir ou falar em direção a outros ou para as mãos), e o recurso preferencial ao contacto com a linha SNS 24 - 808 24 24 24.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.