capital humano
Diario do Sul

Precauções no tratamento do lixo doméstico durante a pandemia

O aumento rápido e acentuado dos casos de propagação da pandemia COVID 19 impõe que sejam redobradas as medidas de precaução em todos os contextos.

Fonte: CM Évora / Agência Portuguesa do Ambiente

30 Março 2020

Uma vez que cada um de nós tem o seu papel na necessidade de controlar os fatores de risco de contágio, deixamos aqui indicações sobre os cuidados que deveremos ter na gestão do lixo produzido nos domicílios e nos alojamentos locais.

Nos domicílios em que existam suspeitos ou confirmados de infeção COVID-19, todos os resíduos produzidos pelo doente ou suspeito, e por quem lhe prestar assistência, devem ser acondicionados em sacos de plástico resistentes e descartáveis, com enchimento até dois terços da sua capacidade.
Os sacos devidamente fechados devem ser colocados dentro de um segundo saco, devidamente fechado também, e ser depositado no contentor de resíduos indiferenciados. É importante ter em conta que, neste caso, não há lugar a recolha seletiva, devendo os resíduos recicláveis ser depositados com os resíduos indiferenciados e nunca no ecoponto.
 

Já nas habitações onde não existam casos ou suspeita de infeção COVID 19, o tratamento dos resíduos deve ser realizado de modo habitual, de acordo com as regras gerais de tratamento de lixo. Deve no entanto ter-se especial atenção para a necessidade de proceder à separação dos resíduos, depositando os recicláveis nos ecopontos, sempre nos contentores indicados para cada tipo de resíduos.

As luvas, máscaras e outros materiais de proteção, mesmo que não estejam contaminados, não devem em caso algum ser colocados no contentor de recolha seletiva nem depositados no ecoponto. Devem ser encaminhados com a recolha indiferenciada em saco bem fechado.

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.