Diario do Sul
Twitter rectangular

Homenagem decorreu junto do Monumento aos Mortos na Grande Guerra

Dia do Armistício assinalado pela Liga dos Combatentes de Évora

No dia 11 de novembro de 1918, às 11 horas, foi assinado o Armistício que significou o acordo de paz entre os Aliados e a Alemanha. Este momento simbólico assinalou o fim da Primeira Guerra Mundial, iniciada em 1914.

Autor :Marina Pardal

Fonte: Redacção D.S.

17 Novembro 2015

Noventa e sete anos depois, o Dia do Armistício continua a ser celebrado em várias partes do mundo. Évora não é exceção e anualmente esta efeméride é assinalada, com uma cerimónia promovida pelo núcleo local da Liga dos Combatentes.

Na passada quinta-feira, o Rossio de São Brás, junto do Monumento aos Mortos na Grande Guerra, acolheu a iniciativa, que juntou representantes de várias entidades militares, civis e religiosas.

Para o sargento-ajudante Paulo Pagará, presidente do Núcleo de Évora da Liga dos Combatentes, “a nossa missão também passa por não fazer esquecer estas datas, que são importantes e que tiveram influência na vida de milhares de portugueses que estiveram a combater, principalmente no continente europeu frente à Alemanha”.

Realçou ainda que “assinalamos o terminar de uma guerra que durou quatro anos e na qual milhares de portugueses faleceram”.

Segundo Paulo Pagará, “apesar deste monumento onde realizámos a cerimónia ter alguma imponência, às vezes, passa despercebido”, lembrando que “ele simboliza precisamente uma homenagem aos combatentes da Primeira Grande Guerra”.

Em relação ao evento realizado, o presidente do Núcleo de Évora da Liga dos Combatentes esclareceu que “tentamos sempre assinalar o Dia do Armistício numa data próxima do dia 11 de novembro, de acordo com a disponibilidade do espaço”.

Adiantou ainda que “tentamos envolver as forças vivas da cidade na iniciativa, pois queremos passar este testemunho da história para a comunidade”.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.