acerca otoño 2
Diario do Sul
Twitter rectangular

Certame decorre na IFEBA, em Badajoz, entre quinta-feira e domingo

Mais de 130 empresas participam na XXVI Fehispor

Mais de 130 empresas participam na XXVI edição da Feira de Espanha e Portugal (Fehispor), que acontece nas instalações da Institución Ferial de Badajoz (IFEBA), entre quinta-feira e domingo, mantendo-se assim como a “principal feira hispano portuguesa da península”.

17 Novembro 2015 | Publicado : 18:36 (17/11/2015) | Actualizado: 18:37 (17/11/2015)

Todos os detalhes deste evento foram apresentados segunda-feira, durante uma conferência de imprensa, em que participou a concejala da IFEBA, María José Solana, e o diretor da Feira, Carlos Sánchez.

Ambos destacaram a importância das relações económicas, sociais e culturais entre os dois países, as quais têm como “referência” a cidade de Badajoz, a sua Institución Ferial e especialmente a Fehispor, com uma “grande participação de empresas portuguesas que habitualmente rondam os 50 por cento, pelo que podemos dizer que é uma feira tanto espanhola, como portuguesa”, tal como realça a organização em nota de imprensa.

À semelhança do ano passado, mais de 130 empresas vão marcar presença no certame, ocupando a totalidade dos 10 mil metros quadrados de superfície de que dispõem as instalações da IFEBA. Dessas 130 empresas, 53 por cento são espanholas e 47 por cento são provenientes de Portugal, destacando a organização que "este é mais um ano em que se atinge o objetivo de ser uma referência ibérica nas relações com Portugal".

Tradicionalmente participam na Fehispor entidades lusas como a Câmara Municipal de Elvas, a CCDR Alentejo, Agência Regional de Turismo, IP Beja, IP Portalegre, NERBE, NERE, NERPOR, APAL - Turismo de Albufeira, Associação de Turismo de Portimão, Cafés Silveira, Câmara de Comércio e Indústria Luso Espanhola.

Também vão estar presentes a Delta Cafés, Entidade Regional de Turismo do Algarve, ADRAL, Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre, Entidade Regional de Turismo de Lisboa, Parque Tecnológico Universidade de Évora, Parque de Ciência e Tecnologia de Alentejo, CIMAC/CIMAA/CIMAL/CIMBAL e o Zoológico de Lisboa.

Atividades para os quatro dias

Em relação ao programa de atividades previsto para estes dias, há algumas secções especiais que vão ter lugar nesta feira. A Exporegalo é uma delas, sendo que neste quarto Salão dos Presentes a novidade é a realização de diversas oficinas relacionadas com a temática.

O espaço gastronómico Essências Hispanolusas - Encontro de Sabores Ibéricos é outras das iniciativas, onde se poderá degustar uma grande carta de tapas; bem como o Mercado Degusta, com produtos extremenhos e alentejanos.

A organização evidenciou também que dentro do espaço gastronómico, os participantes podem desfrutar de cervejas artesanais extremenhas num espaço dedicado a este setor.

Para além disso, as atividades relacionadas com o público em geral também contribuem para atrair à feira os mais de 30 mil visitantes esperados, “30 por cento dos quais oriundos de Portugal".

De acordo com a organização, outra das atividades acessível aos visitantes é uma grande exposição intitulada "Do aeromodelismo ao Drone", onde haverá uma zona dedicada à mostra de aeromodelismo, simulador para o público, mostra de drones e exibições, tanto no interior, como no exterior do recinto da feira.

Air Drone View

Nesta 26.ª edição da Fehispor, a organização quis dar especial importância ao setor dos drones, "uma tecnologia com caráter inovador que a cada dia que passa se está a implementar mais em muitos campos da nossa sociedade atual”.

Deste modo, vai estar patente uma vasta exposição em que se podem apreciar drones de última geração para diferentes atividades e na qual vão estar presentes “os melhores fabricantes” destes equipamentos a nível nacional e mundial.

A empresa extremenha Air Drone View, pioneira neste setor a nível local, regional e nacional, “participa ativamente” no espaço proposto pela IFEBA com a coordenação conjunta da exposição e com vários modelos de drones no mercado, tendo também uma zona exclusiva no interior de um dos pavilhões, “perfeitamente cercada e isolada”, para demonstrações e exibições de voos destes equipamentos em tempo real, que vão ter lugar várias vezes ao dia durante a Fehispor.

Além disso, vai poder comprovar-se a evolução destas aeronaves e os diferentes tamanhos e modelos de drones existentes no mercado, indicando em cada um deles as características principais, como peso, dimensão, sistema de propulsão, entre outros, salientou a organização.

Frisou ainda que a evolução desta nova tecnologia está ligada à do percurso da Air Drone View, cuja constituição aconteceu poucos meses antes de se ter regulado esta atividade, em julho de 2014.

A organização sublinhou que "durante todo este tempo, o esforço, dedicação, compromisso e profissionalismo dos membros desta empresa, levaram-na a ser uma referência a nível nacional com um prestígio e posicionamento no mercado que vai crescendo dia após dia”.

Disse ainda que "como compensação desse trabalho, a Air Drone View recebeu, no passado mês de setembro, a 'Estrella de Oro' concedida pelo Instituto de la Excelencia Profesional, pela sua brilhante carreira, sendo a única empresa de drones a nível nacional a ter obtido este galardão".

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.