Diario do Sul
diario jornal

ELVAS

Jóia da Coroa oficialmente de portas abertas

O Forte da Graça foi inaugurado na manhã de sexta-feira 27, com a presença de sua Excelência o Presidente da República, executivo da Câmara Municipal de Elvas, Assembleia Municipal, autarcas e restantes entidades convidadas.

30 Novembro 2015

A cerimónia iniciou-se com o descerrar da placa alusiva ao ato, seguindo-se a visita ao monumento nacional, tendo os convidados subido à Casa do Governador e terminou com os discursos, tendo ainda antes sido feita uma apresentação histórica sobre a história do Forte da Graça.

Na sua intervenção, o presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, referiu que este “dia vai ficar marcado na memória dos Elvenses, por termos tido, entre nós, a presença de Sua Excelência o Presidente da República na inauguração da obra de requalificação do Forte da Graça”, acrescentando que foi “o empenhamento pessoal de Vossa Excelência, no enquadramento das Comemorações Nacionais do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, em Elvas, em junho de 2013, a determinar que o estado de agonia deste Monumento Nacional não poderia prolongar-se e esta recuperação tinha de ser concretizada”

Nuno Mocinha considera esta “a obra-prima da arquitetura e engenharia militares do século XVIII recuperou a sua magnitude e magistralidade, através de um notável trabalho de recuperação aqui feito”, e lembrou que quem agora “visitar o Forte da Graça, sobretudo aqueles que tiverem oportunidade de subir ao seu ponto mais alto, fica com a noção da magnitude desta obra, da perfeição com que foi delineada e executada e da importância que ela teve na defesa desta cidade e do nosso País”, acrescentando que “nos últimos 250 anos, este Forte da Graça foi a Joia da Coroa, o exemplo mais completo de todas as técnicas de defesa conhecidas, na Europa e no mundo – e assim chegou aos nossos dias”.

O Forte da Graça, que abre hoje ao público “vai servir-nos como mais um atrativo desta cidade, em termos de potenciar a cultura, a monumentalidade e o turismo”, sublinhando que “o Forte da Graça é a peça emblemática da Cidade-Quartel Fronteiriça de Elvas e suas Fortificações, tal como a UNESCO nos designou, na classificação de Património Mundial, em junho de 2012”.

Esta obra de requalificação, pela forma como foi planeada e executada, é um exemplo, no plano nacional e a nível internacional”. “Orgulhosamente, os Elvenses podem dizer que o Forte da Graça, tal como foi classificado e está requalificado, é do mundo!”, concluiu o autarca elvense.

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, afirmou ter sido “com muito prazer que aceitei o convite para regressar a Elvas e presidir à inauguração da obra de requalificação do Forte de Nossa Senhora da Graça”.

O Chefe de Estado sublinhou ser “agora com satisfação redobrada” que assiste à abertura ao público deste monumento, a quem se “restituiu edifício a imponência e a monumentalidade da sua traça original, como ainda respeitou plenamente o prazo e os orçamentos previstos”.

Acrescentando que, abre-se agora “ao público um notável exemplo da arquitetura militar europeia e um dos monumentos mais emblemáticos do conjunto que, há três anos, foi inscrito pela UNESCO na prestigiada Lista do Património da Humanidade. A partir de hoje, tanto os elvenses como os turistas, nacionais e estrangeiros, poderão apreciar e usufruir de todo um conjunto de espaços que, durante seculos, tiveram papel importante na defesa do território nacional e que ficam agora expostos como património museológico, aberto a todos quantos o queiram visitar”.

No final, Aníbal Cavaco Silva salientou que “a população de Elvas tem motivos para se sentir orgulhosa deste impressionante conjunto monumental, que integra o seu passado, sobressai na sua paisagem e marca decisivamente uma identidade que se consolidou ao longo dos tempos”, sublinhando que vê “com muito gosto que, um pouco por todo o Pais, a preservação do património histórico e do património natural tem vindo a tornar-se uma bandeira cada vez mais compreendida e valorizada”. “A aposta que Elvas esta a fazer na requalificação do seu património histórico e, também nesta perspetiva, um exemplo que nos enche a todos de orgulho. Esperamos que ele possa replicar-se em outros municípios”, concluiu o Presidente da República.

No interior do forte foi possível ainda apreciar uma exposição de fotografia, de Carla Fernandes, com o título Re-Construção, que apresenta algumas imagens da recuperação do Forte da Graça.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.