acerca otoño 2
Diario do Sul
Twitter rectangular

Integrado no projecto de recuperação da Estação Ferroviária

Mora “ganha” Museu Interativo do Megalitismo

13 Janeiro 2016

O Museu Interativo do Megalitismo, equipamento cuja construção está “praticamente concluída” e que deve abrir ao público “em abril ou maio”, é uma das principais apostas para este ano da Câmara de Mora.

A construção do núcleo museológico integra o projeto de recuperação da estação ferroviária de Mora, envolvendo um investimento de 2,5 milhões de euros, comparticipado em 85% por fundos comunitários, explicou o presidente do município, Luís Simão.

Segundo o autarca, a empreitada do equipamento, num edifício construído de raiz contíguo à estação ferroviária, está “praticamente concluída”, pelo que deve abrir “em abril ou maio”.

“Perspetivamos que seja complementar ao Fluviário”, espaço na freguesia de Cabeção que retrata o mundo dos lagos e dos rios e que atrai ao concelho, por ano, “cerca de 50 mil visitantes”, frisou.

Visitas turísticas efetuadas por pessoas que “não ficam mais do que um dia” no concelho, apurou a câmara, através de inquéritos, pelo que ambiciona, com o novo museu, prolongar essas estadas.

“Mais de metade dessas pessoas que vêm ao Fluviário fica pouco tempo. Queremos que permaneçam cá mais dias e isso só é possível se tivermos mais coisas interessantes para poderem ver”, explicou Luís Simão.

O novo museu vai ao encontro dessa estratégia, com o objetivo de aproveitar e potenciar a riqueza arqueológica ligada à arte megalítica existente no concelho.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.