merida enamora 2
Diario do Sul
diario jornal

Efeméride

Município de Viana do Alentejo assinalou o 118º aniversário da restauração do Concelho

O Concelho de Viana do Alentejo assinalou o 118º aniversário sobre a restauração do Concelho, numa sessão solene que teve lugar no Cineteatro Vianense, com a presença de muitos convidados e municípes do concelho.

15 Janeiro 2016

O Concelho de Viana do Alentejo assinalou ontem, dia 13 de janeiro, o 118º aniversário sobre a restauração do Concelho, numa sessão solene que teve lugar no Cineteatro Vianense, com a presença de muitos convidados e municípes do concelho.
Como é habitual a cerimónia ficou marcada pela entrega de medalhas de honra do Município, desta feita, aos artesãostradicionais do concelho – chocalheiros e esquilaneiros de Alcáçovas e oleiros de Viana do Alentejo – e à Associação de Caçadores e Pescadores de Aguiar, uma das mais antigas do concelho.
Presidida pelo presidente da Câmara Municipal, Bengalinha Pinto,a cerimónia contou aindacom a presença do presidente da Assembleia Municipal de Viana do Alentejo, António Sousa, e dos presidentes das Juntas de Freguesia de Aguiar, António Torrinha Lopes, de Alcáçovas, Sara Pajote, e de Viana do Alentejo, Joaquim Viegas.
Em dia de mais um aniversário da restauração do concelho e em jeito de balanço dos últimos anos de crise, o presidente da Câmara, salientou que foram anos difíceis de governação autárquica. Apesar disso, Bengalinha Pinto, revelou que foram concretizadas um conjunto de açõesfundamentais para o futuro do concelho,”tendo correspondido em termos físicos ao maior investimento de sempre num mandato autárquico no concelho”, referindo-se ao último mandato 2009 - 2013. Para 2016, o autarca garantiu que, apesar das dificuldades, o executivo continuará a trabalhar para que novos investimentos materiais e imateriais possam vir a concretizar-se num futuro próximo. E adiantou que o Município tem previsto e/ou elaborados um conjunto de projetos para execução que necessitam de fundos comunitários para a sua concretização. Para além de projetos físicos, Bengalinha Pinto, anunciou, igualmente, uma série de medidas que pretendem melhorar a qualidade de vida dos munícipes: a manutenção do IMI na taxa mínima e o desconto para agregados com filhos já em 2016; a modernização dos serviços; o pagamento da fatura da água através de multibanco e o lançamento de uma aplicação para telemóvel que possibilite uma maior interação entre o executivo, os munícipes e os visitantes/turistas.
O autarca revelou ainda que a Câmara reduziu a sua dívida bancária, fechando o ano de 2015 com a “dívida bancária mais baixa dos últimos 20 anos”. Dados confirmados pelo presidente da Assembleia Municipal que revelou que, segundo dados do Portal da Transparência Municipal relativos ao 2º trimestre de 2015, dos 14 municípios do Alentejo Central, o Município de Viana do Alentejo é aquele que apresenta um menor grau de endividamentoper capita (16%). António Sousa disse ainda que, apesar do contexto difícil que a equipa executiva do Município tem vindo a enfrentar, os resultados evidenciam “uma gestão de grande eficiência e de alta qualidade”.
No que diz respeito aos homenageados, Bengalinha Pinto, realçou a importância de estabelecer um equilíbrio entre o novo e o tradicional, prestando homenagem àqueles que dão um “contributo inestimável para a preservação das nossas tradições e da nossa vida coletiva, conseguindo consolidar o que nos diferencia de outros territórios”. Foram homenageados a Associação de Caçadores e Pescadores de Aguiar, os oleiros de Viana do Alentejo António Lagarto, Feliciano Branco Agostinho e Feliciano Mira Agostinho, e os chocalheiros e esquilaneiros de Alcáçovas Franklim Sim Sim, João Chibeles Penetra, Gregório Guerreiro Sim Sim, Joaquim Vidazinha Sim Sim, José Luís Reis Maia, Francisca Alice Reis Maia, Rodrigo Sim Sim, Guilherme Maia e Francisco Cardoso.
Ontem, ainda antes da sessão solene, foi apresentado o programa das comemorações dos 500 anos dos Forais Manuelinos de Aguiar e de Viana do Alentejo e da fundação da Santa Casa da Misericórdia de Viana do Alentejo que vão decorrer ao longo deste ano. Foi ainda lançado o livro “No Espaço e no Tempo: contributos para a história das instituições de Viana do Alentejo (séculos XIV – XX)” de Fátima Farrica que contou com a presença do Dr. Jorge Ferreira, da editora Caleidoscópio e da Prof.ª Dr.ª Maria de Fátima Nunes, docente na Universidade de Évora.
O programa das comemorações termina no próximo dia 17. Até lá, terá lugar ainda hoje uma tertúlia sobre os forais e as misericórdias, na Biblioteca Municipal de Viana do Alentejo, às 21h00. Amanhã, dia 15, será inaugurada no Castelo de Viana do Alentejo, pelas 18h00, a exposição “Xailes de Coração” de Matilde Ornelas, seguida de um espetáculo de fado, no Cineteatro Vianense, com a participação dos fadistas Nélio Nunes, João Pereira e Rute Belga. No sábado, a Classe de Dança da Associação Equestre de Viana do Alentejo promove no Cineteatro Vianense, pelas 21h00, o espetáculo “De corpo e alma no fado” com Edgar Baleizão e o Grupo Coral Velha Guarda de Viana do Alentejo. No domingo realiza-se o IV Raid BTT Aguiar, pelas 9h30, organizado pelo Grupo Cultural e Desportivo de Aguiar e, pelas 16h00, a Associação Tempos Brilhantes leva à cena a peça “CATRA…PUM”.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.