acerca otoño 2
Diario do Sul
Twitter rectangular

Duas centenas de pessoas assistiram ao concerto no Auditório Municipal de Reguengos de Monsaraz

Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense assinalou 130º aniversário

29 Janeiro 2016

A Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense comemorou o 130º aniversário com um concerto da banda filarmónica no dia 23 de janeiro no Auditório Municipal de Reguengos de Monsaraz. Com direção artística do maestro António Menino desde 2011, a banda assinalou o aniversário com os seus músicos, associados e cerca de duas centenas de pessoas que assistiram ao concerto.

A Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense foi fundada no dia 21 de janeiro de 1886, o que terá sido a oficialização de uma banda que já existiria em Reguengos de Monsaraz desde 1860. Com o nascimento estatutário, a liderança da banda foi assumida por José Maria de Carvalho, que marcou o primeiro período de alto nível qualitativo. De referir também outros regentes, como José da Silva Domingues, que desde 1934 e durante três décadas lançou vários músicos para a Orquestra da Fundação Calouste Gulbenkian e para as bandas da Força Aérea, da Armada, da GNR e do Exército, e António das Neves Ramalho, discípulo de José da Silva Domingues, que em 1986 assumiu a liderança da banda durante 16 anos e imprimiu uma nova dinâmica e elevou-a a mais um período de grande sucesso.

Atualmente a Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense integra a Banda Filarmónica, um Coro Polifónico e Instrumental, a Escola de Música, a Banda Juvenil e o Conservatório Regional do Alto Alentejo. A banda filarmónica é constituída por cerca de 60 músicos, maioritariamente jovens, que asseguram o futuro da instituição por muitos anos.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.