acerca otoño 2
Diario do Sul
diario jornal

Presidente da Câmara, António Valério anuncia

“Pousada do Castelo de Alvito vai abrir até ao final deste mês”

Em declarações exclusivas ao “Diário do Sul”, António Valério afirmou que o processo está na fase final, anunciando que a Pousada do Castelo de Alvito vai reabrir, até ao final de junho, com uma grande oferta cultural e gastronómica, disponibilizando 20 quartos com 36 camas, sendo que o funcionamento vai ser, nesta fase de arranque, assegurado por oito funcionários. O presidente da Câmara diz ver este projeto como âncora para o dese

23 Junho 2016

O grupo Pestana informou o presidente da Câmara Municipal de Alvito de que tinha intenção de fechar a Pousada do Castelo de Alvito. O anúncio foi feito em novembro do ano passado e face a esta situação, o autarca decidiu falar com o presidente da Fundação da Casa de Bragança, proprietária deste monumento, Marcelo Rebelo de Sousa, já então na corrida a Belém, que prontamente ajudou a solucionar o problema, dando luz verde para o Município em parceria com a Escola Profissional asseguraram a reabertura do espaço hoteleiro.

António Valério lembra que, em novembro passado, foi confrontado pelo grupo Pestana que geria a Pousada de Alvito de que iria encerrar este espaço, numa primeira fase de junho até novembro de 2016, “o que significava uma paragem muito significativa deste equipamento hoteleiro”. O autarca acrescenta que percebeu logo que “já não havia grande interesse em continuar com a exploração da pousada”.

Face a esta situação, o presidente da Câmara diz ter ficado preocupado por tratar-se da grande unidade hoteleira do concelho de Alvito, “com créditos firmados, pela sua qualidade, monumento histórico”, entendendo que o município deveria encontrar uma alternativa. “Lembrei-me que em Alvito temos uma escola profissional que está a trabalhar na área da hotelaria e da restauração e pensámos que nos podíamos juntar. Falei com o diretor da escola e começámos a pensar num projeto”, conta.

Para António Valério, este projeto deve assentar num modelo de sustentabilidade financeira, devendo contribuir para o desenvolvimento do concelho que necessita de reforçar o fluxo turístico. “Este é, sem dúvida, uma âncora para o turismo. Os homens da restauração já se estavam a chatear porque não tinham turistas”, lembra.

O mesmo responsável sublinha que foram desenvolvidos contactos com o Instituto de Emprego e Formação Profissional, tendo sido já efetuada a seleção. “Temos tudo pronto para a pousada começar a funcionar, sempre com controlo de custos para que o projeto tenha pernas para andar”, adverte.

Entidades estão empenhadas
em realizar
um projeto sustentável

António Valério faz questão de agradecer o apoio e participação dos professores da Escola Profissional que “estão de corpo e alma neste projeto. Inicialmente houve algumas reticências, mas atualmente todas as pessoas estão apostadas em desenhar um bom projeto para dinamização da pousada”, assevera.

O presidente da Câmara salienta, contudo, que não nos basta abrir a pousada, mas proporcionar uma grande oferta cultural e gastronómica para que esta unidade hoteleira se torne um fator de atração e traga pessoas ao concelho “porque é delas que precisamos na Pousada de Alvito”. O edil considera que este é um projeto “para ter continuidade” e para ser um pilar do desenvolvimento do concelho, contribuindo para colocar Alvito nos roteiros turísticos do país e do mundo.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.