Diario do Sul
Twitter rectangular

Com participação do Município de Évora

MetAlentejo organizou seminário sobre Saúde Mental no Alentejo

15 Janeiro 2016

Está a decorrer hoje (15 de Janeiro) o seminário intitulado “Saúde Mental no Alentejo – que caminhos para o futuro”, no Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo em Évora. Este evento apoiado pelo Município de Évora, contou na sessão de abertura com a participação do Presidente, Carlos Pinto de Sá, e da Vice Presidente, Élia Mira, que moderou um painel.

A MetAlentejo é uma das entidades que integram o Conselho Local de Ação Social de Évora e dedica-se ao acompanhamento da pessoa com doença psiquiátrica, seus familiares e cuidadores. Este seminário pretendeu dar a conhecer à comunidade a temática da saúde mental e servir de referência para a apresentação e discussão de boas práticas.

A sessão de abertura, apresentada por Teresa Reis (Presidente da MetAlentejo), contou com as intervenções de Paula Domingos, em representação do Diretor do Programa Nacional para a Saúde Mental/Direção Geral de Saúde; Manuel Carvalho (Presidente do Conselho de Administração do Hospital do Espírito Santo de Évora); José Robalo (Presidente do Conselho Diretivo da ARS Alentejo); Sónia Ramos (Diretora do Centro Distrital de Segurança Social) e Carlos Pinto de Sá (Presidente do Município de Évora).

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal de Évora destacou a contribuição fundamental das organizações da sociedade civil no apoio às necessidades da população, considerando que se deve continuar a investir no trabalho conjunto. Falou igualmente da visão do Município sobre questões sociais e de saúde, salientando o papel de congregação das instituições e a aposta na expansão da rede social.

O forte empobrecimento da população nos últimos anos tende a aumentar os problemas de saúde, nomeadamente de saúde mental, foi ainda afirmado pelo autarca eborense, que realçou a necessidade de gerar políticas públicas que resolvam as situações de pobreza e contribuam para a melhoria da saúde.

Preencheram ainda a manhã os painéis “O papel das IPSS no apoio comunitário da pessoa com deficiência mental” e “A importância do trabalho em rede em saúde mental”, este segundo moderado pela Vice-Presidente da Câmara de Évora, Élia Mira.

Após o almoço, o evento prosseguiu com a mesa redonda “Prevenção e promoção da saúde mental em contexto escolar”. Segue-se a exibição do filme “Pára-me de repente o pensamento” e o debate com moderação de Rosa Silva (Produtora). Em paralelo, decorrem também sessões de relaxamento e a exibição a exposição de pintura de João Caraça Parreira.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.