Diario do Sul
Twitter rectangular

Projeto pretende também reabilitar o Caminho da Barbacã

Município pretende finalizar a requalificação das muralhas de Monsaraz

Fonte: Nota de Imprensa

04 Agosto 2016

O Município de Reguengos de Monsaraz candidatou ao programa de financiamento comunitário Alentejo 2020 a requalificação de uma parte das muralhas da vila medieval de Monsaraz e a reabilitação do Caminho da Barbacã. Se este projeto for aprovado finaliza-se a recuperação estrutural das muralhas de Monsaraz e cria-se um percurso pedestre no interior e no exterior do castelo, junto à Barbacã, muro anteposto às muralhas que era a primeira defesa da vila medieval, que terá ligação ao Centro Interativo da História Judaica em Monsaraz.
Na cidade de Reguengos de Monsaraz foi candidatada a requalificação dos passeios da Rua de Évora e da Rua 1º de Maio. Um investimento que deverá avançar até ao final do ano e que tem como principal objetivo melhorar a mobilidade urbana e modernizar o centro da cidade.
A autarquia candidatou também ao Alentejo 2020 algumas obras que integram o Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), nomeadamente a zona envolvente à Escola Secundária Conde de Monsaraz e a requalificação de vias pedonais em S. Pedro do Corval. Junto à escola serão efetuadas obras de reordenamento do trânsito na Rua Dr. António Vaz Natário, de valorização do espaço onde está o chafariz, colocação de bancos, estacionamento de bicicletas e alargamento de passeios com novos pavimentos.
Na localidade de S. Pedro do Corval será requalificada a Rua António Jacinto Rosa, a Rua Dr. José Garcia da Costa, a Rua Professor Cândido e a Rua de São Pedro. Com estas intervenções vão obter-se benefícios na mobilidade urbana, pretendendo-se a diminuição do uso do transporte individual, a promoção da qualidade de vida e a preservação do património histórico, edificado e ambiental.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.