merida enamora 2
Diario do Sul
diario jornal

De 31 de agosto a 5 de setembro

Montemor-o-Novo prepara mais uma edição da Feira da Luz/Expomor 2016

Feira de memórias e tradições, espaço de futuro aberto à inovação, com atividades económicas, tasquinhas, espaço de associações, encontros, música, exposições, gastronomia, desporto e feira tradicional

26 Agosto 2016 | Fonte: Nota de Imprensa

De 31 de agosto a 5 de setembro, Montemor-o-Novo acolhe uma vez mais a Feira da Luz/Expomor. Este é um evento de natureza económica, cultural, social e grande montra da atividade económica de nível local, regional e mesmo nacional.
A Feira da Luz/Expomor afirma-se cada vez mais como um importante espaço de divulgação e promoção da atividade económica do concelho e da região, propiciando oportunidades únicas para a troca de contatos e para futuros negócios e, ao mesmo tempo, o ponto de encontro de montemorenses e inúmeros visitantes.
Espaço privilegiado para a realização da Feira, o Parque de Exposições Municipal e o Parque de Leilões de Gado acolhem nestes espaços, desde 1997, esta iniciativa, contribuindo de forma decisiva para o crescente sucesso da Feira.
No recinto da APORMOR haverá exposições e concursos de gado, colóquios e iniciativas ligadas ao setor agrícola e agropecuário, workshops e apresentação de trabalhos científicos nesta área, evidenciando a importância do setor no concelho.
Na área económica, para além dos expositores, e indo ao encontro das vontades dos agentes instalados na região, a Câmara Municipal de Montemor-o-Novo e a Associação Empresarial NERE- Núcleo Empresarial da Região de Évora têm patente na feira o Espaço Inovação com uma mostra de empresas com produtos inovadores e/ou diferenciadores no concelho e região. O Espaço Inovação pretende divulgar a inovação e criatividade que há no Alentejo. De 31 de agosto a 5 de setembro estão presentes um conjunto de expositores entre empresas, empreendedores que apresentarão os seus produtos e serviços e onde irão realizar-se demonstrações e iniciativas diversas promovidas pela Câmara Municipal e NERE e pelas empresas presentes.
Mantém-se a Feira Tradicional com o espaço de feirantes, de divertimentos, restaurantes, tasquinhas mas também os módulos de empresas e associações. A área descoberta terá ainda a Exposição automóvel e Espaços de bebidas.
No Pavilhão de Exposições, patente durante os dias da Feira, vamos ter uma exposição intitulada Património - “Partilhar o passado, construir o futuro”, onde se pretende apresentar o património através da paisagem realçando e mostrando elementos do património cultural material e imaterial e trabalho do município relacionado com sua conservação/valorização, com o recurso a imagens.
As freguesias do concelho, tal como tem sido habitual, terão o seu espaço de representação institucional a que se associa a Exposição “40 anos da Constituição, 40 anos do Poder Local Democrático”, destacando e valorizando o papel do Poder Local democrático no desenvolvimento do concelho, no quadro da Constituição promulgada a 2 de Abril de 1976.
O desporto e a animação são um dos pilares da Feira, havendo modalidades e atividades desportivas para todas as idades. Destacam-se as seguintes iniciativas e espaços: animação com insufláveis, escalada, slide e rapel; treinos de promoção da Corrida “Run Castle”, organizado pelo Atlético Clube de Montemor; Passeios de Cicloturismo organizados pelo Grupo de Cicloturismo de Montemor-o-Novo.
Na segunda-feira, dia 5 de setembro, a partir das 15h30, realiza-se nas Piscinas Recreativas Municipais de Montemor-o-Novo o tradicional Festival de Natação, iniciativa que se destina a nadadores de entidades convidadas e tem como objetivo, para além da promoção da modalidade, o convívio entre nadadores e encerramento das atividades de natação do programa de verão, dinamizado pela Câmara Municipal de Montemor-o-Novo.
A Feira da Luz / Expomor tem como referência a diversidade da programação musical e dos espetáculos. Vão ser 6 dias com propostas musicais imperdíveis, onde pontua a qualidade e a diversidade, nos dois palcos do evento.
No Palco Principal destacamos as estreias de Tiago Bettencourt, D.A.M.A., Mayra Andrade & Orquestra Jazz de Matosinhos e Miguel Araújo. Especial referência para a noite de sábado onde, com o patrocínio da Caixa de Crédito Agrícola, juntamos no Palco Principal a Noite de Folclore (com o Rancho Folclórico de Cortiçadas de Lavre e convidados) e o Fado com a Montemorense Margarida Guerreiro.
Já no Palco 2, onde terminam as noites em termos musicais, teremos uma programação bastante diversificada, que vai desde o reggae à música eletrónica e ao jazz. Especial destaque para as bandas de Montemor, com a presença da Big Band da Escola Profissional Ofício das Artes (quinta-feira) e dos enérgicos Pura Mob Keys (domingo). O Palco 2, que se situa junto ao espaço Tasquinhas permite associar a gastronomia com o convívio e a música.
A animação do recinto da Feira da Luz/Expomor contempla ainda a apresentação de diversos espetáculos de marionetas, integrados no Encontro de Marionetas Tradicionais.
No espaço do Centro de Animação Sócio-Educativo “Oficina da Criança”, junto ao Palco Principal, teremos as Exposições “Solos do meu concelho” (com trabalhos desenvolvidos com as escolas e jardins-de-infância do concelho) e “Lugares com Movimento” (mostra de esculturas, trabalho desenvolvido no atelier de verão com a artista plástica Teresa Magalhães) e a Brincafeira.
Salientamos ainda o Espaço Artesanato, dinamizado pela Associação A Ciranda que, entre associados e convidados, terá uma programação que inclui oficinas, trabalho ao vivo, desfile de moda e música.
Presença antiga na programação da Feira da Luz é, também, a tauromaquia. Neste âmbito, merece nota de destaque a Corrida de Touros de dia 4 de setembro, organizada pela empresa “Montemor É Praça Cheia”, comemorativa dos 50 anos de Alternativa do cavaleiro Montemorense Luís Miguel da Veiga. Dar nota, igualmente, de que os nossos Bombeiros Voluntários irão efetuar as suas Largadas no seu campo de treinos, junto ao Parque Desportivo.
Uma novidade no recinto da Feira será o Parque de Cidadania Rodoviária, com o apoio da GNR – Escola Segura e GARE – Associação para a Promoção de Uma Cultura de Segurança Rodoviária.
Referência importante merece a Liga dos Pequenos e Médios Agricultores, representada por alguns agricultores, que estarão presentes na tenda dos pequenos agricultores.
Presença habitual no programa da Feira da Luz é o Concurso de Mel, que já vai na sua 19.ª edição. Esta é uma iniciativa da Montemormel (Associação de Apicultores do concelho de Montemor-o-Novo) e da Câmara Municipal de Montemor-o-novo, com o apoio da União de freguesias de Nª Sª da Vila, Nª Sº do Bispo e Silveiras e Caixa de Crédito Agrícola. Neste âmbito também decorrerá um colóquio sobre apicultura, no sábado, dia 3 de setembro, às 15h00, no auditório da União de Freguesias, no Largo Banha de Andrade, que terminará com a entrega de prémios do concurso de mel.
A não esquecer a realização da Feira do Livro e a possibilidade de, durante todo o período da Feira da Luz, reforçando a arte de bem receber, a viagem até e para o recinto da Feira poder ser feita gratuitamente através dos Comboios Turísticos e Autocarro Panorâmico, que percorrem e animam a cidade durante os dias do evento.
A Feira da Luz termina com um espetáculo de fogo-de-artifício à meia-noite do dia 5 de Setembro.
A Feira da Luz diferencia-se pela sua abertura a todos os públicos. Se por um lado se programam atividades que vão ao encontro de diferentes faixas etárias, interesses culturais, gostos e caraterísticas da nossa região em geral e do concelho em particular, por outro, abrem-se as portas a todos os que queiram prestigiar a Feira com a sua presença. Numa época em que as famílias continuam a sentir dificuldades e não foi recuperado o poder de compra, a Feira da Luz continua, de forma gratuita, a disponibilizar espetáculos musicais, atividades culturais, desportivas, recreativas, iniciativas diárias para crianças, concursos e worshops, e muita animação durante seis dias.
Referência importante em toda a região, a Feira da Luz reflete a dinâmica económica, cultural e social, revelando-se assim como a imagem de marca do concelho, espelho da sua Identidade, tendo por isso conseguido o reconhecimento e a preferência de milhares de visitantes.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.