merida enamora 2
Diario do Sul
Twitter rectangular

Lendias d'Encantar

Companhia de teatro nacional em digressão no Brasil

30 Agosto 2016 | Fonte: Nota de Imprensa

A companhia de teatro alentejana Lendias d’Encantar percorre uma digressão pelo Brasil. Depois de apresentações na Colômbia no Festival de Teatro Alternativo de Bogotá, em março, e na República Dominicana no Festival Internacional de Teatro de Santo Domingo, em junho, a companhia de Beja estende o roteiro do espetáculo “No Limite da Dor” com uma digressão que percorre o território brasileiro de norte a sul.
Teve início a 20 de agosto e alarga-se até ao inicio de outubro com 15 actuações agendadas em Teresina, Belo Horizonte, Santa Maria, São José dos Campos, Paulo Afonso, São Paulo e Rio de Janeiro. Depois de concluídas quatro apresentações no Festluso - Festival de Teatro Lusófono no estado de Piauí na primeira semana da digressão, a Lendias d'Encantar dirige-se agora até Belo Horizonte onde participa no Encontro Latinoamericano de Teatro de Grupo.
“No Limite da Dor” é uma peça que traz aos espetadores de hoje a experiência vivida por muitos portugueses, levando a cena quatro testemunhos verídicos de presos políticos torturados às mãos da PIDE durante os tempos da ditadura portuguesa.
A companhia propõe, assim, a oportunidade a um público de todas as idades de refletir sobre os valores humanos e sobre a herança de um passado não tão longínquo para o povo português. Foi concebida a partir de um programa de rádio da Antena 1 em que eram apresentadas entrevistas a uma série de ex-presos políticos, dando também origem ao livro “No Limite da Dor” da autoria de Ana Aranha e Carlos Ademar, onde as mesmas se encontram compiladas.

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.diariodosul.com.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.diariodosul.com.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.